5 de outubro de 2011

Saudade do Padre Zuzinha

José Pereira de Assunção - Padre Zuzinha, nasceu em 7 de setembro de 1905 no sitio Várzea Grande Taquaritinga do Norte e faleceu em 5 de outubro de 1983 em Caruaru onde estava internado. Foi pároco do município de Santa Cruz do Capibaribe por quase meio século de 1946 á 1983. Um dos participantes ativo da emancipação da cidade de Santa Cruz, foi Prefeito do município por dois Mandatos no período de 1967 - 1971 / 1976 -1982, sempre preocupado com as questões culturais e sociais do município, foi o primeiro Presidente do Ypiranga e presidente da Banda Novo Século. Historicamente marcado por sua seriedade, honestidade e carisma, fez com que o povo nesses 28 anos de sua morte aumenta-se sua devoção em relação a sua historia. História esta que virou livro nas mãos de Professor Lindolfo, e referendado em livros que contam a historia do município a exemplo da história de Santa Cruz de seu Júlio e recentemente no livro de Marcondes Moreno, Ypiranga: memórias de uma paixão em Azul e Branco. Como observamos sua história é atrelada à história de Santa Cruz do Capibaribe e vise versa, fazendo com que sua história virar-se trabalho acadêmico, sendo tema de monografias de vários estudantes universitários de nosso município. Sua história de humildade deixou saudades na população que todo dia 5 de outubro faz romaria a seu nome, onde podemos observar nos e versos de música do cantor e compositor José augusto maia e da qual com alguns trechos encerro este texto.

Num jeep velho
Numa batina surrada
lá vem o padre fazer confissão

Até parece que o padre
Está presente naquele dia
Tanto fies Tantas orações
A ele a Jesus e Maria

Que saudades,
do Padre Zuzinha
acenando com a sua mão
ele se foi, seu povo
ainda guardam recordações
texto Por Romenyck Stiffen
Fotos: Retiradas da Internet

Um comentário: