22 de fevereiro de 2016

SANTA CRUZ E SEUS PROBLEMAS!


CENTRO DA CIDADE TEM INÚMEROS PROBLEMAS DE INFRAESTRUTURA

Saudações a todos os leitores, hoje vamos abordar alguns problemas existentes no centro de nossa cidade, problemas simples de resolver, no entanto, a falta de um acompanhamento/gerenciamento ou ausência de uma agenda de prioridades, acaba tornando situações simples em verdadeiro descaso e desrespeito com os munícipes e visitantes que frequenta a capital da sulanca.

Pois bem, registrei um passeio pelo centro da cidade e passo a descrever o mesmo através da coluna de hoje. Inicialmente, destaco que para chegar ao centro tive que passar pelos enormes buracos que existem na PE-160, rodovia que representa a falta de compromisso e responsabilidade de nossos gestores/governantes.

No centro da cidade, de imediato, é visível a enorme quantidade de buracos, esgotos estourados que foram iniciadas obras, porém não foram concluídas, falta de coleta de entulho, falta de capinação, animais soltos e interrupção do passeio público em virtude da falta de limpeza.
Outrossim, cabe frisar que os inúmeros problemas destacados acima devem ser observados atentamente pela administração municipal, pois fatos simples como os mostrados, podem se tornar problemas que dificilmente poderão ser resolvidos e/ou esquecidos. Outro fator negativo observado é que motoristas, motociclistas, ciclistas e até mesmo os pedestres estão a todo o momento desviado de buracos e saneamentos estourados pelas vias públicas da cidade.

O quadro é negativo, o centro da cidade necessita urgentemente de um levantamento/diagnóstico visando à manutenção contínua e reparos dos problemas encontrados. Sem mencionar que a tendência é piorar, haja vista o período de chuvas que possivelmente irão cair na cidade no próximo mês.
Por fim, cabe informar que os registros feitos por câmara fotográfica e aparelho celular ocorreram no dia 07/02/2016, no período da manhã. Em contato com a Secretaria de Serviços Públicos, na pessoa de Gilson Julião, enviamos o material acima exposto, tendo como resposta do secretário o seguinte: “muitos dos problemas destacados já foram resolvidos, como por exemplo, o lixo que estava em frente ao parque florestal”, quanto à limpeza das margens do canal próximo a Cemitério São Judas Tadeu, obtivemos como resposta que “a limpeza no local é constante, mas a população sempre continua depositando lixo no local”, verificamos que na noite do domingo 21/02/2016 o local estava com uma enorme quantidade de lixo, e, se caso isso realmente ocorra, o poder público deveria realizar campanhas de conscientização para que a população depositem o lixo no local devido.

Quanto à capinação na calçada do Colégio Padre Zuzinha, foi informado que “houve a realização de trabalhos no final do ano passado, porém com as chuvas recentes, a vegetação cresceu novamente”, quanto a essa situação, cabe destacar que conforme os registros, a vegetação/mato esta muito alta, o que impede o passeio público, sendo o mais sensato a limpeza do local e um novo trabalho de capinação. Em relação aos buracos e obras inacabadas de saneamento, verificamos que os problemas ainda não foram resolvidos definitivamente.

Finalizando, entendo que as consequências que esse contexto vem trazendo são preocupantes para todos os munícipes e visitantes, ficando aqui o registro para que seja não só resolvido os problemas do centro, mas também a limpeza e manutenção de todos os outros bairros da cidade.

Aurimar Ramos – Professor, Formado em Geografia pela AEB/FABEJA, Pós-Graduado em Gestão Pública pelo IFPE, Cursando Segurança do Trabalho pela EadPE e Acadêmico em Direito pela Faculdade ASCES.

0 comentários:

Postar um comentário