31 de março de 2016

VÂNIO VIEIRA NA TRIBUNA

O vereador Vânio Vieira iniciou seu discurso agradecendo ao grupo de oposição pela acolhida. Em seguida o parlamentar relatou sobre a questão de um cidadão que, devido a crise, o vereador foi procurado para tentar ajudar ao cidadão que se sentiu lesado.

Segundo Vânio, o vereador Luciano Bezerra teria recebido o cidadão, que teria trocado uns cheques com um agiota, e o agiota procurou o escritório de contabilidade de Luciano Bezerra, o qual teve que assinar um termo de confissão de dívida. “Eu peço que a Comissão de Ética dessa Casa haja e resolva esse problema, porque o vereador Luciano Bezerra sabe que agiotagem é crime e mesmo assim fez com que esse cidadão assinasse o termo de confissão de dívida para que o escritório do vereador pudesse cobrar a dívida na justiça. Os cheques trocados era no valor de pouco mais de 2 mil reais e o termo de dívida foi feito com quase 7 mil reais. Isso foi feito de má fé vereador”.


COMUNICAÇÃO DA CÂMARA

0 comentários:

Postar um comentário