7 de abril de 2016

A BOMBA PIFOU?

MAIS UMA: Tem um velho ditado que diz: Quando você não quer resolver nada marque uma reunião. Pois bem, o grupo de situação com algumas entidades foram mais uma vez a Cidade do Recife para uma reunião com Secretário de Defesa social na secretaria de segurança.

MAIS UMA II: Tudo indica que essa como tanta outras foi apenas mais uma reunião, de inicio com o objetivo de buscar melhorias para o CAOS que vivemos na cidade, onde os bandidos não respeitam mais nem o horário para praticarem seus delitos. Afinal, foram lá apenas para tirar foto e mostrar ao povo que estão preocupados?

E A UNIÃO: O que vi nos últimos dias nas redes sociais foi uma verdadeira troca de acusações entre membros do Grupo Taboquinha. Elvis do PHS acusando o ex-Deputado Federal José Augusto de tentar tirar membros da chapinha do PHS, logo em seguida capilé sai em defesa do ex-deputado, afirmando que foi assediado pelo o Elvis. Isso mostra tamanha união do grupo.

E A BOMBA?: No que tudo indica parece que a “BOMBA”, que o vereador Carlinhos da Cohab (PTB), falhou! Isso mesmo, o vereador tinha um dossiê de um vereador, no qual comprometia a reputação do mesmo, mas ao que tudo indica essa bomba não passa mais de uma que pifou.

PESQUISA: Um empresário da cidade me confidenciou que nesses próximos 15 dias o mesmo vai registrar uma pesquisa que irá encomendar para saber os números dos pré-candidatos a prefeito da cidade. Vamos aguardar para ver essa pesquisa e com certeza algum grupo irá contestar o resultado da mesma.


DIA DA SAÚDE: No dia da saúde, não há nada a ser comemorado pelos brasileiros, pois vivemos em uma nação doente. Doente de fila no SUS, de hospitais sucateados, de médicos sem condições de trabalho, de cidadãos aguardando cirurgia há meses, de falta de medicamentos, de remédios jogados no lixo, de planos de saúde que desrespeitam o consumidor, de falta de saneamento, de muriçocas e mosquitos, e da pior de todas as enfermidades: a corrupção. Infelizmente, em um dia criado para comemorações, quem sopra as velinhas é a dor.

0 comentários:

Postar um comentário