12 de abril de 2016

TÃO PERTO E MESMO ASSIM TÃO LONGE

“A tecnologia está afastando os afastados (mais ainda) e desunindo os unidos”

Olá companheiros leitores do Blog Sulanca News, grande blog de nosso estado!

Estamos na era da informação, da tecnologia e do conhecimento. Sendo assim, todo avanço traz para nós possibilidades que irão melhorar o desenrolar de nossa vida, porém  também desencadeia algumas situações inesperadas e que estas atrasam e até destroem  algo muito importante nas pessoas: a conversa, o diálogo, a comunicação; e ainda torna a vida menos intensa.

VIRTUALIDADE X REALIDADE, Capitalismo tecnológico e Globalização

Máquinas, computadores, robôs, plataformas e outros estão a cada dia entrando em nossa realidade de forma veloz, quase que na velocidade da luz. O homem está sempre buscando e conseguindo desenvolver formas de ajudá-lo no dia a dia em seu trabalho, estudo, locomoção etc. Nessas situações, os celulares, computadores, tablet´s, notebooks e afins têm uma significativa participação. Ocorre que, quanto mais há esses produtos tecnológicos em sua casa, escola e trabalho vêm também os problemas da VIRTUALIDADE X REALIDADE. Muitas pessoas ficam vidradas no mundo virtual e esquecem de viver o mundo real, o qual realmente é o que deve ser vivido e enfrentado.
Tantas pessoas estão preferindo viver as redes sociais e não sua vida pessoal e verdadeira. Numa casa onde cada membro da família possui um aparelho eletrônico como celular e/ou notebook haverá silêncio e nada de conversas, mas sim “solidão”, pois não haverá diálogos  e esses deixarão o carpem diem arcaico (viver, aproveitar o dia e avida intensamente) no passado ou sendo uma simples utopia como alguns hoje dizem. É inegável a importância dos avanços tecnológicos na Medicina, Engenharia, Educação, Cultura... Entretanto, é mais indubitável ainda que está havendo um distanciamento das pessoas próximas (e os afastados estão mais ainda).

Reféns do celular e da tecnologia
Estamos vivendo na era da informação, mas também na da “descomunicação” (neologismo que intriga). Se um grupo de amigos resolve  ir à uma pizzaria ou restaurante e nesse estabelecimento tem o chamado Wi-Fi, pode saber que o diálogo entre eles será o mínimo possível, pois os celulares, infelizmente, estão causando uma dependência enorme nas pessoas.
Jantar e almoço em família hoje são quase novidades, pois estamos nos distanciando dos outros e de nós mesmos. Segundo o Dr. Larry Rosen, autor do livro iDisorder, é comum que cerca de 70% das pessoas tenham a Síndrome do Toque Fantasma, na qual as pessoas estão tão “ligadas” no celular que sentem-no tocar e/ou vibrar sem está acontecendo nada disso com esse. Tal dado mostra o quão preocupante está relação do ser humano com o celular. Existem pesquisas sobre o assunto “tecnologia X isolamento social”, cada qual com o seu resultado. A mais famosa delas, feita em 2006 pela “American Sociological Association” (Associação Americana de Sociologia), aponta para uma infeliz conclusão: a tecnologia leva, sim, ao isolamento social.
Por fim, o que nos resta é a conscientização a respeito dessa mal que está afetando severamente nossa sociedade, e que não tem nem antibiótico ou vacina para combatê-lo, a não ser o sentimento e a busca diária do viver intensamente o real e deixar que o virtual sirva para nos aproximar nas diversas circunstâncias  do cotidiano. Afinal, como dizia Platão: O importante não é viver, mas viver bem.

0 comentários:

Postar um comentário