13 de maio de 2016

A ERA FISIOLÓGICA!

         Daqui para frente viveremos no Brasil uma era de incertezas, depois de destituída uma presidente legalmente eleita e sem provas de crimes contra a mesma, o partido mais fisiológico da República chega ao topo do poder com uma sede de governar que só a elite vendo. E ainda se atrevendo em falar num “governo de salvação nacional”, ora caros amigos leitores, daqui em diante como li em um texto numa rede social, os pobres novamente voltaram para os seus lugares, não há possibilidade mínima de se acreditar em um governo que não tem legitimidade, que chegou ao poder sem o voto popular, que coloca no cargo de ministro da educação uma figura como Mendonça Filho, quem quiser saber quem foi esse senhor para a educação pesquise o tempo em que ele atuou em Pernambuco.
         Vivemos realmente uma era de incertezas, vejam quem foram os paladinos da verdade e dos bons costumes no picadeiro da câmara quando o golpe passou por lá, figuras tarimbadas no ciclo de corrupção que corrói essa nação desde que o Brasil se entende como país. Aos que esperaram Temer resolvendo os problemas do país da noite para o dia esperem e colheram os resultados, e depois disso em breve sentiram saudades da antiga presidente, sem contar um ministério formado por um monte de investigados na Lava Jato. Tomara que eu esteja errado, mas não parece que estou.

IDOSO SIM, VELHO SE QUISER!

         A velhice não chega com o tempo, o que chega com o tempo é a idade, a velhice chega com o processo de descrédito dado a vida e a coragem de viver. Ser idoso não é um mal, ser velho sim, obter uma nova idade é compreender que o tempo passa, as pessoas mudam, o mundo muda e alguns também mudam com o passar das horas, outros por sua vez não conseguem modificar muita coisa na própria história, por isso temos muitas pessoas que não são idosas mas já estão velhas, não estão abertas ao novo, a descobertas, a tolerância, a contemplação das pequenas coisas da vida como o canto dos pássaros a luz da manhã, aos mistérios da natureza, as mudanças climáticas a flor que desabrocha, a semente que é plantada na terra ou no coração de uma criança.

         Por essas e outras coisas a nossa vida faz sentido, somos poeira de estrelas e seres de alta complexidade, com uma multidão dentro de nós e regiões de extrema solidão e medo, mas enquanto seres não fugimos aos desafios, enquanto muitos prezam apenas pelo ter, ser significa mais que material que não levamos conosco quando partimos para outra dimensão, quem é não fica velho, quem tem e não sabe ser envelhece mais rápido.’

0 comentários:

Postar um comentário