13 de maio de 2016

DESEMPREGO

Historicamente, o processo de desemprego começou na Inglaterra, em 1750, por causa da revolução tecnológica, que trocou a mão de obra humana por máquinas e produção em série. O desemprego agora é um problema social econômico presente no Brasil. Os brasileiros estão enfrentando o fechamento de postos de trabalho em decorrência das dificuldades econômicas.
Relatório do FMI, sobre o estado da economia global, diz que o PIB brasileiro só deixará de diminuir em 2017, quando deve permanecer estagnado (0%). Ainda assim, o fundo afirma que o cenário econômico no Brasil é incerto. Quando um país passa por uma crise econômica, o consumo de bens e serviços tende a diminuir. Muitas empresas demitem funcionários como forma de diminuir custos para enfrentar a crise.
O desemprego ocorre quando um trabalhador é demitido e procura entrar no mercado de trabalho e não consegue uma vaga. É uma situação difícil para o trabalhador, pois gera problemas financeiros e, em muitos casos, problemas psicológicos depressão, ansiedade, etc. Isso acarreta ao trabalhador e em sua família, muitos problemas.

 Ás causas: Custos elevados na mão de obra, impostos e outros encargos para as empresas contratarem com carteira assinada: este caso é típico do Brasil, pois os custos de contratação de empregados são muito elevados.  O Pleno Emprego ocorre quando em um país ou região todos os trabalhadores em situação de trabalho encontram-se empregados. Ou seja, o mercado de trabalho está em nível de equilíbrio. É uma situação extremamente favorável para a economia de um país. HOJE, a taxa real de desempregado no País e de 40% da população em idade apta para trabalhar.    
                                                
JOSÉ DALVINO – CIÊNTISTA SOCIAL 

0 comentários:

Postar um comentário