13 de maio de 2016

NOVA DERROTA PARA O ZÉ

ZÉ AUGUSTO MAIA ASSISTIU PESSOALMENTE SUA DERROTA NA CÂMARA DE VEREADORES: “EU JÁ ESPERAVA”

Mesmo sabendo que suas contas relativas ao ano de 2008, seriam reprovadas pelos vereadores na reunião desta quinta-feira 12, o ex-prefeito José Augusto Maia foi acompanhado do filho e advogado Tallys Maia assistir sua derrota na Casa Legislativa.

Zé Augusto fez sua defesa politica, enquanto Dr. Tallys Maia fez a defesa técnica das contas de 2008, onde o TCE recomendou a rejeição. Na tribuna, o advogado Tallys Maia apresentou argumentos afirmando que as supostas irregularidades apontadas pelo Tribunal de Contas seriam frutos de erros e dolo ao erário público.

Com o plenário quase cheio, o ex-prefeito apelou para a bancada de situação, se dirigindo especificamente a vereadora Narah Leandro, sua ex-aliada e filha da ex-secretária Joselma Bezerra, afirmando que esta conhecia sua seriedade. 

Zé Augusto Maia afirmou que conhece a vereadora Narah Leandro desde criança, que sua mãe Joselma Bezerra foi sua secretária de Ação Social durante oito anos, e que “Tenho a certeza que você não vai me negar. Digo por isso porque, talvez os outros não me conheçam, mas ela e sua mãe me conhecem profundamente, como eu as conheço”.

Ao fazer uso da tribuna, Narah Leandro fez um verdadeiro desabafo, afirmando não dever voto a Zé Augusto Maia, e sua mãe foi secretária dele, deu resultados, destacando a história de luta de Joselma Bezerra em prol do social. Disse ainda que em algum lugar do caminho, José Augusto Maia Havia se perdido. O senhor não fez favor, mas reconheceu o trabalho de Joselma Bezerra. “Eu senti vergonha de ver o senhor, com a história política que tem em vir aqui pedir a bancada de oposição para votar no senhor porque o senhor sabe que não pode confiar seu grupo.”
                                          Foto Blog do Ney

Uma declaração forte da vereadora deixou todos em silencio, quando a mesma afirmou que não é, nunca foi e nunca será amante de politico, tema abordado várias vezes com insinuações nas malas políticas do ex-prefeito, segundo Narah Leandro.

Ao termino da fala, deixou o plenário e foi direto ao banheiro feminino, onde demorou e ao sair demonstrava aspecto de quem chorou muito.

A este blogueiro, disse: “Eu estava precisava dizer tudo na cara dele”. 

No resultado final, José Augusto Maia sofreu mais uma derrota, onde o parecer do TCE que pedia a rejeição das contas de 2008, endo aprovado pela maioria, foram 9 votos contra 6.

Duas ausências: José Elias Filho e Zé Minhoca.

A surpresa ficou por conta do vereador recém-chegado a oposição, Vânio Vieira, que votou a favor do parecer e contra Zé Augusto Maia. 

0 comentários:

Postar um comentário