21 de maio de 2016

O QUE É QUE ZÉ QUER?

Depois de passar três anos sem fazer oposição a Edson Vieira, Zé Augusto quer assumir papel principal no ano da eleição, e aos poucos, se posiciona como o nome para as horas decisíveis no grupo de oposição.

SE POSICIONANDO COMO CANDIDATO- As últimas ações de Zé Augusto Maia contra o governo Vieira lhe dá a postura de candidato a prefeito. Zé quer comparar seus governos e vive de “No meu tempo”, “Quando eu era prefeito”, “Fiz mais do que qualquer um”, tentando resgatar sua imagem diante do seu próprio eleitorado, que conhece de perto sua choradeira, sua vitimização e seu cardápio antigo de argumentos e astúcias.  

UM RISCO PARA FERNANDO- A superexposição de Zé Augusta só agora, deixa Fernando Aragão como coadjuvante, prejudicando sua imagem, já que Zé como ator principal, tem um desgaste gigantesco nas pesquisas internas. Zé tem a maior rejeição e arrasta Fernando Aragão para o buraco.

INDICAÇÃO DO VICE E SUAS CONSEQUENCIAS- Zé decidiu que seu filho Tallys Maia será o indicado, mas sabe  que encontrará forte resistência em setores do grupo, sobretudo, na Mala da 29, que não aceita esta indicação.

A MALA É CONTRA- A mala da 29 já está com estratégia definida e defenderá o nome do empresário Flávio Pontes, que está filiado ao PTB a pedido de Fernando, e que soa como uma novidade.

A MELHOR SAÍDA- Indicando Augusto Maia para vereador, Zé evitaria novo desgaste para Tallys Maia, que teve sua indicação a vice abortada no inicio da pré-campanha, acalmando também a Mala da 29. Com a indicação a vereador, a chapinha do PTN permaneceria viva, e ele teria uma liderança a exercer na campanha de 2016, com a mente voltada para 2018.

O QUE É QUE ZÉ QUER?- Enfim, o que Zé quer é roubar a cena de Fernando Aragão, mexendo seus pauzinhos para ele não tornar-se líder, permanecer com a tese de que a imprensa tá comprada e afirmar que todos estão mentindo, e ele com a verdade guardada em seu travesseiro.  

Em uma coisa Zé está certíssimo: “Eu sou o mesmo Zé”. A politica mudou, o seu cenário politico mudou, sua aprovação nas pesquisas mudou, seu grupo mudou... Só ele continua o mesmo Zé.

0 comentários:

Postar um comentário