12 de julho de 2016

AS MALDITAS

André Casanova fala da responsabilidade de fazer Margarida Procópio

O espetáculo As Malditas, do paraibano Saulo Queiroz, estreia dia 23, promovendo a volta de três personalidades ao mundo teatral, e entre eles, está o maranhense André Casanova, que voltou a Santa Cruz do Capibaribe e em seguida sua vida de ator. Ele vive no espetáculo, o personagem Margarida Procópio.

André Casanova, também está de volta à cena teatral. Ele teve como primeiro professor de teatro, o diretor do espetáculo Marcondes Moreno, e participou com o próprio Edglérisson Cesar de algumas produções na década de 90, voltando para seu estado de origem, o Maranhão, onde continuou fazendo teatro. Mas as dificuldades em fazer teatro e a falta de estimulo, o levaram a interromper a carreira.

De volta a Santa Cruz do Capibaribe, André recebeu o convite do amigo César da Zíper, e hoje vive a expectativa de sua reestreia nos palcos, com um personagem marcante.

“O que está acontecendo é muito interessante, é meu reencontro com meu primeiro professor de teatro, o Marcondes Moreno, que está com uma direção muito inteligente, meu reencontro nos palcos, com o amigo César, e meu reencontro com o teatro. Fazer Margarida é desafiador e uma grande responsabilidade. A personagem carrega marcas da dor, do sofrimento e da submissão, mas ao mesmo tempo é escrachada e divertida. Margarida é um turbilhão de sentimentos. Quero dizer ao público que o espetáculo está sendo levado de forma muito profissional, e o resultado eu tenho certeza que será bastante agradável”. Falou André Casanova.


No próximo sábado 16, acontece um ensaio geral para a imprensa, às 16hs no Teatro Municipal de Santa Cruz do Capibaribe, e em seguida uma coletiva e um chá da tarde para os convidados. 

0 comentários:

Postar um comentário