19 de julho de 2016

PANORAMA POLÍTICO

GANHANDO FORÇAS “DEM”
O Partido dos Democratas (DEM) ganhou não apenas a presidência da Câmara dos Deputados, o DEM ganhou folego novo, e definitivamente voltou à sena política nacional. Agora o Partido tem nos seus quadros o Ministro da Educação Mendonça Filho DEM/PE, o presidente da Câmara Federal Rodrigo Maia DEM/RJ, além de ter o Antônio Carlos Magalhães Neto DEM/BA, atual prefeito de Salvador que já foi avaliado em 2015 como o melhor prefeito dentre as capitais brasileiras.

DE VOLTA A PRESIDÊNCIA

Com a condução do Deputado Carioca Rodrigo Maia a presidência da Câmara o Democratas volta a ser destaque, e além do comando na Câmara dos deputados, o DEM poderá ocupar novamente a presidência da Republica, tendo em vista que momentaneamente não contamos com a figura do vice-presidente. E caso o presidente interino Michel Temer, ausente-se do país em viajem oficial, por exemplo, desta maneira teremos alguém do DEM na Presidência do país. Só pra lembrar a última vez que isso aconteceu foi no governo de Fernando Henrique Cardoso, que tinha como vice-presidente o Pernambucano Marco Maciel do DEM.

CAMPANHA DIFERENCIADA

A campanha eleitoral que se aproxima verdadeiramente será diferenciada, as mudanças promovidas na legislação eleitoral foram muitas, o que deixou também muitos questionamentos, sobre o que pode e o que não pode. Sem duvidas será uma eleição que terá uma atuação forte da justiça, e que desta vez contará com a ajuda de muitos fiscais, “os eleitores” que anda cada vez mais esclarecido e tem na palma da mão duas armas poderosas, o título e as novas tecnologias. Desta vez é um olho no peixe e outro no gato.

A CHAPINHA VAI ESQUENTAR (I)
As discursões em torno das coligações vêm sendo pauta de vários programas de debates políticos da cidade. A “chapinha” como ficou conhecida, fará parte das estratégias dos dois principais grupos da cidade. A quem pense que chapinha é garantia de eleição fácil, mero engano. É minha gente a chapinha vai esquentar.

A CHAPINHA VAI ESQUENTAR (II)

Ainda falando de chapinha, parece que a chapinha do Partido Trabalhista Nacional (PTN) poderá abalar as estruturas do grupo de oposição, antes e após as eleições. Antes porque, com a chapinha do (PTN) na disputa o vereador e pré-candidato Galego de Mourinha não iria pra disputa como já foi noticiou o Blog do César Mello. Este já seria o primeiro abalo. Já o segundo abalo poderá vim após os resultados das urnas, e dependendo desse resultado o grupo de oposição não será nem de longe o mesmo. Ou teremos uma reafirmação de comando, ou a perca definitiva dele. A chapinha vai esquentar.

Por Nilson Pereira.

0 comentários:

Postar um comentário