18 de agosto de 2016

PRIMEIROS DIAS DE CAMPANHA

A campanha eleitoral começou sem grandes novidades, um lado animado e empolgado e outro se arrastando em Santa Cruz do Capibaribe.

Enquanto um invade as ruas com organização e uma juventude animada e em grande quantidade, exibindo confiança, o outro parte para ações clara de falta de recursos. Uma estratégia equivocada e de grande risco.

Basta se colocar no lugar de um jovem diante de uma escolha: um evento leva gente muito jovem, com som e animação, cores e brilho, e o outro coloca cadeiras para se ouvir sentado, candidato a vereador pedindo votos para outro no mesmo palanque, enquanto outro, solta o som de um peru no final da fala, ou mesmo outro que solta o barulho de um chiado de um porco.

Para qual evento você iria, se fosse um jovem indeciso? 
ZÉ AUGUSTO FICHA LIMPA?

Se esta decisão que “Limpou” os políticos enquadrados na Lei da Ficha Limpa, tivesse acontecido antes das convenções, em Santa Cruz do Capibaribe, o ex-prefeito e ex-síndico do Moda Center, José Augusto Maia, seria o candidato a prefeito, mas já é tarde de demais.

Resta saber agora, o que muda em seu comportamento político nesta eleição, onde só é coadjuvante. Zé se empenhará para fazer o filho majoritário para vereador, mas tem pela frente um fenômeno do povo, o vereador Carlinhos da COHAB.

Na verdade, Carlinhos vem fazendo uma oposição dura ao prefeito, desde que assumiu seu mandato como vereador. Ele é a voz verdadeira da oposição.

Quanto a Zé, este se acovardou durante três anos, e somente nos últimos meses, é que endureceu o tom contra o prefeito Edson Vieira. 

POLUIÇÃO VISUAL E MAU GOSTO NAS ARTES DOS CANDIDATOS

Depois de dois dias analisando artes de vários candidatos em Santa Cruz, o que se pode afirmar, é que se trata de um festival bizarro de erros.

Muitos tiveram suas imagens tratadas, diminuindo uns 15 anos de idade, enquanto outros poluíram suas imagens com informações desnecessárias.

Poucas artes escapam. 
CARRO DE LUXO NA GARAGEM, CARRO POPULAR NAS RUAS

Quem eles pensam que enganam? Nunca o carro popular esteve tão em alta como nesta eleição, principalmente, o Fiat Uno popular, pois são muitos candidatos andando por aí, pedindo votos.

Na garagem seus possantes e caros veículos, nas ruas os carros populares. Um jeito antigo e ultrapassado de tentar enganar o eleitor. 

0 comentários:

Postar um comentário