15 de setembro de 2016

SABEDORIA POPULAR E POESIA DE BRÁULIO BESSA ENCANTAM PLATEIA DO EMP

Ser um empreendedor de sucesso, virar case e ganhar fama sem perder os valores, as raízes, o foco. “Um jeito arretado de fazer negócios”, palestra realizada nesta quarta-feira (14), no Estilo Moda Pernambuco (EMP) pelo poeta e empreendedor social Bráulio Bessa, encantou a plateia do evento, formada por empresários, estudantes de Santa Cruz do Capibaribe e região, muitos fãs e seguidores. A abertura do terceiro dia do EMP contou com a participação das crianças do grupo “Líderes mirins de recepção”, do Educandário Antônio Burgos, que falaram sobre os sete hábitos das pessoas altamente eficazes, de Stephen Covey, exemplificando-os com atitudes que devem ser tomadas todos os dias.


Partindo dos sonhos que tinha quando era criança na cidade de Alto Santo, no interior do Ceará, Bessa transmitiu conceitos de postura e atitude empreendedora. Planejamento, dedicação, organização, determinação, criatividade, improviso, originalidade e senso de oportunidade e, principalmente, deixar o comodismo de lado foram algumas das atitudes citadas ao contar sua trajetória de vida até se tornar palestrante e, pouco tempo depois, ser convidado a fazer parte do elenco fixo do programa Encontro com Fátima Bernardes, com o quadro “Poesia com Rapadura”.

O primeiro grande desafio enfrentado por Bessa foi planejar o próprio casamento gastando apenas R$ 600,00. Com muita criatividade e colaboração de amigos e familiares, realizou uma cerimônia inesquecível e que mudaria a sua vida. Ao lado da esposa Camila, percebeu que não precisava de muito para dar vazão a outro grande sonho: popularizar a cultura nordestina. Envolvido com a cultura e poesia desde muito cedo, enfrentou o dilema entre continuar com o trabalho numa repartição pública ou levar o sonho adiante. Assim, com apoio da esposa, deixou o trabalho, passou a trabalhar como técnico de informática autônomo para poder ter tempo de investir na produção do conteúdo para a fan page do projeto Nação Nordestina. E deu certo.

Para ele, ter um sonho é o ponto de partida para o sucesso. “Um sonhador nunca é pobre. Não espere por ninguém. Construa seu sonho com o que você tiver, vá pra luta”, recomendou. Hoje, aos 31 anos, o filho e neto de costureiras faz palestras por todo o país compartilhando sua experiência de vida. Já falou para mais de 300 mil pessoas em congressos de várias categorias profissionais e, até mesmo para executivos do Facebook e participantes do TEDx.

Outra lição que aprendeu na prática ele fez questão de compartilhar com humildade com a plateia é sobre como conseguiu manter os mesmos valores e a simplicidade no seu dia a dia depois de ter ficado famoso. “Mesmo com a idade que tenho ainda sou um moleque e tenho muito o que aprender inclusive com vocês. Não estou aqui para ensinar ninguém, mas uma coisa a vida me mostrou: fama, dinheiro, status e poder não mudam ninguém. Só revelam o que a pessoa realmente é”, declarou.

Depois de aproveitar todas as oportunidades que surgiram em sua vida e de ter conseguido realizar vários sonhos, Bessa segue no sonho de dar mais visibilidade à cultura nordestina. Planeja lançar um livro com a coletânea de seus cordéis em 2017 e, em breve, começará a viajar pelo país com um espetáculo no qual continuará contando causos inspiradores.

0 comentários:

Postar um comentário