27 de outubro de 2016

PORQUE PAROU? PAROU PORQUE?

Obras eleitoreiras, dias antes o 02, outubro deram início a algumas obras em nosso município, uma delas a pavimentação da Rua Raimundo Balbino Bezerra. Rua essa, que a vinte e cinco anos, os moradores esperam sua pavimentação. Mesmo descrentes os moradores acordaram com o alarmedo do som da máquina patrol que estava as suas vistas acordando-os de um sonho.

A obra durou apenas o período das eleições, da segunda feira dia 03, de outubro até o dia de hoje, 27 do mesmo mês, a obra está paralisada, e sem pespequitivas de continuidade. O que mais chama a atenção é a falta de consideração com os moradores, como se as pessoas não tivessem seus compromissos do dia a dia. 
Como todos sabem, quando uma obra de pavimentação é iniciada em uma rua. Os moradores precisam se abster de muitos afazeres da vida cotidiana, como por exemplo entradas e saídas de veículos em suas residências que por sinal dá-se início com a colocação do meio fio, e duram em quanto a obra é concluída até o tempo de cura do calçamento. Os transtornos são muitos e só são compreendidos pela necessidade e tamanha importância da obra.
Imaginar que a pessoa por ser comtemplada pela implantação dos serviços públicos tenha que se submeter a descasos e abuso de poder, já é demais. Parabenizamos a prefeitura pela iniciativa do projeto que com a conclusão será um divisor entre o caos e o cosmos. Mas temos urgência na conclusão da obra, o tempo de espera já expirou e toda paciência tem limites. O IPTU,chega todo ano, sem atrasos e com aumentos exorbitantes. 

JOSÉ DALVINO – CIENTISTA SOCIAL

0 comentários:

Postar um comentário