23 de novembro de 2016

PROJETO DESENVOLVIDO NA ESCOLA DINÂMICA TRABALHA O COMBATE AO PRECONCEITO E A DISSEMINAÇÃO DE VALORES

O respeito às diferenças deve ser desenvolvido desde os primeiros anos de vida, afinal, o preconceito não ocorre apenas na fase adulta, nem as crianças estão imunes as mais diversas formas de discriminação. 

Ciente dessa realidade e tendo presenciado dentro da sala de aula demonstrações da dificuldade de algumas crianças aceitarem as diferenças, as professoras do Maternal A da Escola Dinâmica, Janair Freitas e Géssika Silva, trabalharam na realização do projeto “A bonequinha preta”, que almeja levar o alunado a reconhecer a sua própria identidade, valorizar a diversidade racial, combater o bullying nos diversos espaços da escola e desenvolver a autoestima a partir das características físicas, além de fomentar reflexões sobre ações de cooperação, respeito e solidariedade. 
Ainda a respeito da riqueza das atividades realizadas, a professora Janair Freitas, afirma: 

“Eu vi a importância de desenvolver esse projeto, pois através dele podemos observar o desenvolvimento cognitivo relacionado ao desempenho que as crianças obtiveram, isso será de grande valia na transformação dessas crianças na fase adulta”, afirmou a educadora.

O projeto foi realizado a partir da leitura do livro: “A bonequinha preta”, da autora Alaíde Lisboa de Oliveira, bem como através de atividades que desenvolveram a linguagem oral, levando os alunos a expressarem necessidades, sentimentos e opiniões. 
O envolvimento da família durante todo o processo foi de fundamental importância para assegurar ainda mais a riqueza do projeto. As mães das pequenas, Claudia Ferreira e Maria Rayanne, produziram um boneco e uma boneca que a cada dia visitaram a casa de dois alunos. Os outros pais também se envolveram ativamente nas atividades, brincando com as crianças e realizando em casa registros fotográficos que expressaram os cuidados e o carinho dedicado aos novos brinquedos que passaram a ganhar toda a atenção da criançada.


A formação de educandos por meio de ações transformadoras como a realizada do projeto “A bonequinha preta”, são essenciais para o combate ao preconceito e a disseminação de valores.

0 comentários:

Postar um comentário