15 de dezembro de 2016

A POLÍTICA COMO ELA É


UM DIA MARCANTE

Esta quinta-feira será um dia marcante, onde os eleitos em Santa Cruz do Capibaribe serão diplomados, enquanto os nãos eleitos vão se despedindo do mandato. Será um dia marcante e histórico para a politica local, que vive momentos conturbados de bastidores, e a expectativa de um 2017 quente.

Grande vitória de Diogo- A semana foi de vitória para o deputado Diogo Moraes, que foi reeleito para a primeira secretaria da Alepe, definindo assim, que será candidato a reeleição para deputado estadual. Uchoa quer fazer Diogo futuro presidente da Alepe. Alguém duvida?

Edson Vieira federal- Com a garantia que Diogo Moraes vai para reeleição, e que Bruno Araújo vai para o Senado ou disputar o governo do Estado, o prefeito Edson Vieira vai sair mesmo candidato a deputado federal em 2017. Ou alguém acha que ele vai ficar sem mandato depois de 2020? Esta é uma chance única para ele alcançar seu grande objetivo. 

Tem que mexer- Diante de todas as circunstancias atuais, o prefeito de Santa Cruz terá que mexer em sua equipe para 2017, que será um ano dificílimo. Mexerá porque precisa oxigenar, e ver de fato, quem está arregaçando as mangas pras bandas do Palácio Braz de Lira.

Vai indicar logo- Edson Vieira tem pressa em anunciar logo o nome do indicado para ser presidente da Câmara. Empurrar o assunto com a barriga, só acirrará a disputa e deixará os adversários a vontade para criarem situações perigosas.
Fez o certo, na hora errada- O ainda presidente da Câmara de Santa Cruz, Afrânio Marques, mudou sua postura e está mais contundente em suas colações, dizendo o que tem vontade e está mais “brabo”. Só que ele teve todo tempo do mundo para mostrar sua força e segurança, mas não foi reeleito e só lhe resta alguns dias como vereador, pelo menos, até 2020. Ele “Fez a coisa certa, na hora errada”, ou “Ficou valente depois que a guerra acabou”.

A chance dos novatos- Com o diploma de vereador à mão, os novatos tem a oportunidade de pensar seriamente como serão suas posturas, quando assumirem, já que quase todos apostam em uma câmara com menos qualidade a partir de 2017. Ser subserviente para o prefeito ou servir de massa de manobra pelos líderes da oposição, será suicídio politico. O eleitor quer novidades da Casa de Lei de Santa Cruz, e boas novidades. 

Virou o jogo- Há bem pouco tempo o vereador Ernesto Maia passou de 1ª voz para 2ª voz da dupla com o vereador Carlinhos da COHAB, mas de repete, reassumiu o posto. De bate-esteira, o Buda voltou a ser o vaqueiro principal. Voltou a ser a voz da oposição, retomou a liderança na hora de bater pesado e hoje é o homem das denúncias contra o governo Edson Vieira. Como se diz, ele caiu, levantou, bateu a poeira e deu a volta por cima. Ser indicado para a liderança da bancada, já passa a ser natural. 

O Menino Treloso não é disto- O Menino Treloso, Carlinhos da COHAB, agora deu para ser “Bonzinho”. Está aceitando o retorno de Ernesto como porta voz da oposição. Disse ao blog do César Melo que é um soldado do partido. Que aceita a indicação de Zé Augusto para Ernesto Maia como líder da bancada e coisa e tal. A este blogueiro afirmou que na política é preciso saber a hora de dar um passo para traz. Mas ocorre, que sei muito bem de sua afinação com Ernesto Maia e de suas pelejas com Zé Maia. Aí...Tem! 

0 comentários:

Postar um comentário