30 de dezembro de 2016

POR QUE NÃO COMO MAIS PERU

 Opa, minha gente.  Sou da terra onde se faz fila para vender fiado, onde "laranja" não é fruta, piolho é ajudante de toyoteiro e onde mesmo devendo a Deus e o mundo, tem gente que vende objetos para passar o reveillon no litoral. Ô povo amostrado da gota! Tão comendo fiado e cagando juro! Como diria o cumpade Jessier, eu sei que conselho e tabaco a gente só dá a quem pede, mas tem gente nesta cidade, que mora no lixo, mas não estende a cuia! Continuo acreditando na filosofia do meu amigo Pojucan: “Esta crise é psicológica”.
Aproveito para justificar a ausência desta coluna ao longo praticamente de 2016. Não vi graça nenhuma nos acontecimentos políticos do ano, me toquei que a liberdade de expressão é uma mentira (A lei eleitoral e alguns juízes, botarem no furico dos formadores de opinião). Opinar virou crime eleitoral para muitos. Sinceramente escondi meu humor em 2016.
Por outro lado, estou aliviado. É que o Natal passou e detesto este período, onde um velho de bochechas rosadas, puxado por renas num trenó passa nas casas que tem uma arvore de um pinheiro, com neves caindo. O menino Jesus virou figura decorativa. Conheço velhos sertanejos, bodes, pé de algaroba, carroça de burro e poeira. Sem falar das falsidades e amigos secretos, já que os inimigos fazem questão de serem visto.

Mas 2017 bate a porta, e resolvi ressuscitar a coluna...

Quem não aquentar, que peide!

NÃO ME CONTE QUE EU CONTO!

Mais um ano se vai, e nada de Zé torrar 2012. Tive que fazer tanta estripulia para atrair o público, dançar com gente feia, contar piada, cantar e fazer mungangas. Passei o fim de ano de 2012, 2013,2014 e 2015 sem comer o peru... Chega o fim 2016 e nada... Eita cabra ruim da gota! São cinco anos de espera e neste período fui acusado de querer exterminar um partido, de pregar a discórdia e promover a desunião do grupo. Sem falar da perseguição onde perdi mais de 15 patrocinadores vermelhos. Mas roguei uma praga, e enquanto ele não me pagar, é só pisa nas urnas. De lá pra cá já foram três derrotas e ele perde força e liderança. Que em 2017 o milagre aconteça, e eu receba meu pagamento!
NÃO ME CONTE QUE EU CONTO!

A eleição de 2016 deu na pedra para muita gente! Fernando Arengão fica sem mandato até 2020, Luciano Engomadinho caiu fora, Seu Zé Rapariqueiro se lascou, o Galego se aposentou, Zezin virou poeta de vez, Afrânio volta a ser professor e Narah vai assumir a profissão de designer de moda. Mas acho que Narah tá errada na escolha, ela deveria e virar modelo. Sua inteligência e beleza irão fazer muita falta na câmara...

A POLÍTICA aqui tá ficando do jeito que JOÃO DE BOTIJA gostava: QUENTE e na base do FUXICO:
* Edin de Zinha foi eleito em outubro e fez 10 vereadores, mas agora só tem 9. Joab me disse que é vereador independente e que sua bandeira é o MTST. Mas o jovem vereador tem entender que politico tem que ter lado. Vânio Vieira pagou caro por ficam em cima do muro durante muito tempo. Independência não rima com politica.

* O grupo Tabestinha teima em brincar de união e os eleitores em acreditar na lorota. O grupo agora é uma tribo de muitos chefes e poucos índios.

* A eleição da Câmara terá surpresas? Sim, até a oposição vai votar em Zé Minhoca... e tome minhoca em todo mundo! A oposição só faz a presidência se mais um vereador do palanque de Edin tiver coragem. Um deles me confessou: sobra vontade, mas falta coragem!

Pra não ficar PENSANDO: Já dizia NEGUIN DE ROSA: "Quando me zango, meu bucêto fica coçando”
Ah, para quem não entendeu ainda (precisa de um tratamento sério), esta é uma coluna de humor, sátira e tiração de onda. Então nada de ligações grosseiras, vamos aproveitar e relaxar com a política de Santa Cruz, já que rir é melhor do que chorar e aqui pra nóis: têm coisas em nossa política que é no mínimo, uma piada.

O ex-prefeiro Ará, deixou uma frase para entrar para a história. Quando no auge das críticas contra ele, disparou esta pérola: “Ser gay com a bunda dos outros, é fácil”.  

  
Sinto falta do amigo Paulinho da Palestina que costuma dizer: “Moreno eu gosto de tu, porque tu tem ruindade guardada!”.  

E não me queiram mal que só sei querer bem..

0 comentários:

Postar um comentário