24 de janeiro de 2017

GLOBO NEWS EM SANTA CRUZ

GLOBONEWS ACOMPANHA TRABALHO DESENVOLVIDO EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE NO ACOMPANHAMENTO DAS CRIANÇAS COM MICROCEFALIA

Uma equipe de reportagem da Globo News, canal de televisão por assinatura, esteve na tarde desta segunda-feira (23), em Santa Cruz do Capibaribe. O intuito da visita foi averiguar como estão crianças que nasceram com microcefalia no município. As infecções ocorreram em 2015, através da febre Zika Vírus, transmitida pelo mosquito Aedes aegypti.

A jornalista Roberta Solomone, contou o foco de sua matéria. “Após um ano do surgimento do surto da microcefalia, causada pela zika vírus, viemos renovar nossas informações, saber como estão às primeiras crianças diagnosticadas com o vírus e como elas são tratadas. Estamos buscando saber também como está o quadro clínico desses pacientes e o que mudou no combate a essa doença”, disse a repórter.

Ao ser entrevistado pela equipe da GloboNews, Breno Feitoza,  secretário de Saúde, falou da capacidade do município em atender bem pacientes com microcefalia. “Apesar do Estado de Pernambuco preferir cuidar das crianças com microcefalia, a rede de saúde de Santa Cruz do Capibaribe possui estrutura suficiente para atender os seus pacientes com qualidade. Nossa unidade de saúde (AME Infantil) possui Neuropediatra, fisioterapeuta, terapeuta ocupacional, nutricionista, fonoaudiólogo, enfermeiro e oftalmologista, prontos para acolher a demanda”, pontuou o secretário.

Além de Breno Feitoza, a equipe entrevistou também a dona de casa Angélica Pereira, mãe de Luíza Beatriz de um anos e três meses, identificada com microcefalia. A reportagem vai ser veiculada em meados de fevereiro deste ano.


ASSESSORIA

0 comentários:

Postar um comentário