5 de abril de 2017

REUNIÃO DA CÂMARA FOI MARCADA POR CONFUSÕES

A reunião ordinária ocorrida na Câmara de Santa Cruz do Capibaribe na tarde da terça-feira dia 4, foi marcada por momentos lamentáveis por parte de parte dos seus vereadores e sob a falta de pulso firme do presidente José Bezerra da Costa, o Zé Minhoca. Houve tumultos e até retirada da bancada de oposição do plenário.

Este blogueiro havia publicado vídeo semana passada, alertando o presidente de que ele estaria sendo “Frito”, e que vereadores estariam preparando uma bomba para soltar em seu colo.

Foi uma sessão onde o PL 050\2017 (Que fixa os subsídios dos secretários de governo) foi aprovado de forma inusitada e onde os vereadores Carlinhos da COHAB, Irmão Val e Marlos Melo se envolveram em um fato lamentável, praticamente tratando um a outro por apelidos.

Diante do acontecido e por tudo que vem ocorrendo na Casa de Lei, este blogueiro cobrou respeito, interrompendo a sessão. “Que isso sirva de lição. Isso aqui não está parecendo duas alas políticas, mas sim duas alas de time de futebol e um futebol de quinta categoria. Repensem suas atitudes para que possamos honrar o que nós recebemos”, comentou o presidente após a manifestação deste blogueiro.

Após a aprovação da PL 050\2017, a oposição acusou a mesa diretora de fazer uma manobra, ao aprovar por unanimidade o projeto de aumento de salário dos secretários sem colocar em votação e sem haver discussão do projeto.

A situação por sua vez, acusou a oposição de “Dormir no ponto”, de “Cochilar”, na hora da votação.

Já na votação da PL 043\2017, que dá novo nome a escola Maria do Socorro Aragão (Em frente à antiga Delegacia), o presidente da Câmara se ausentou, deixando com o primeiro secretário o voto de minerva para aprovar a mudança.

A oposição em protesto abandonou o plenário, enquanto uma sessão extraordinária foi convocada para aprovação em segunda votação. Desta vez com a volta do presidente Zé Minhoca a mesa diretora. 

0 comentários:

Postar um comentário