26 de maio de 2017

PREFEITO MOTA PARTICIPA DE AUDIÊNCIA PÚBLICA QUE LANÇOU PROJETO DA ADUTORA DO ALTO CAPIBARIBE

Encontro foi realizado nesta sexta-feira (26) na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe

O Prefeito Mário Mota e comitiva de Riacho das Almas participaram nesta sexta-feira (26) de uma Audiência Pública em Santa Cruz do Capibaribe para discutir a questão hídrica na região. Na oportunidade, várias autoridades e o presidente da Compesa Roberto Tavares também fizeram o lançamento da Adutora do Alto Capibaribe, que beneficiará diretamente mais de 230 mil pessoas de oito municípios do Agreste.

A autorização do projeto foi feita em reunião ontem no Recife, pelo governador Paulo Câmara e prefeitos de cidades que serão beneficiadas pelo sistema. A adutora trará água do Rio Paraíba por meio de uma tubulação com 51 quilômetros de extensão. A obra está orçada em R$ 70 milhões. “Esta adutora será uma alternativa ao atraso das obras da Adutora do Agreste. Nós começamos a obra no tempo certo, lá em 2013. No entanto, Pernambuco foi prejudicado e não recebemos recursos para tocar a obra. Por isso, tivemos que bolar alternativas para melhorar o abastecimento nessa região, que está enfrentando seu sétimo ano de seca”, afirmou o presidente da Compesa Roberto Tavares.
O prefeito Mota, que ajudou na articulação junto ao Ministério da Integração Nacional para a liberação da obra, comemorou o resultado: “A gente entende que num momento de crise de água como este, tem que haver muita sensibilidade por parte dos governantes. Nós avançamos muito na questão hídrica, e vamos avançar ainda mais. O governador Paulo Câmara garantiu o financiamento desta obra, diante da instabilidade do Governo Federal. Se a União não fizer os repasses para a conclusão da adutora, o Governo do Estado vai bancar esse sistema importantíssimo para a região”, disse.

De acordo com engenheiros da Companhia de Saneamento, a adutora deve ficar pronta até o fim desse ano.

(Foto: Jefferson Lulu)

0 comentários:

Postar um comentário