17 de agosto de 2017

SECRETARIA DE DEFESA SOCIAL DE PE EXCLUI DEPUTADO JOEL DA HARPA DA POLÍCIA MILITAR

Publicada no Diário Oficial de PE desta quarta (16), portaria alega que o parlamentar, representante da PM na Assembleia Legislativa, comercializou um terreno 'como sendo de sua propriedade' em março de 2009.

Uma portaria da Secretaria de Defesa Social (SDS), publicada na edição desta quarta-feira (16) do Diário Oficial de Pernambuco, exclui da Polícia Militar o deputado estadual Joel Maurino do Carmo (Podemos), conhecido como Joel da Harpa. Segundo o documento, assinado pelo titular da pasta, Antônio de Pádua, o parlamentar vendeu, em 2009, um terreno no bairro de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, no Grande Recife, como 'sendo de sua propriedade'.

No texto, a SDS informa que a venda do terreno, no valor de R$ 5 mil, foi feita no dia 12 de março de 2009 a um soldado da Polícia Militar. Em relação ao comprador do terreno, a pasta informa que não houve comprovação de cometimento de irregularidades.

Ainda segundo a portaria, a SDS afirma que a conduta de Joel da Harpa, que é soldado da reserva, “maculou a honra pessoal, o pudonor policial militar e o decoro da classe”. Com isso, a pasta resolveu penalizar o parlamentar com a pena de exclusão da corporação “a bem da disciplina”.

G1

0 comentários:

Postar um comentário