8 de novembro de 2017

ARMANDO PODE VOLTAR AO PALANQUE BOCA PRETA EM SANTA CRUZ


Presente na convenção do PSDB, o deputado federal Jorge Côrte Real (PTB) concedeu entrevista exclusiva ao Direto ao Ponto, onde analisou o cenário estadual e nacional para as eleições de 2018. 

Para o deputado, a sua ida ao evento, demostra o reconhecimento da grandeza e da importância do PSDB para Pernambuco. “Olha, é um evento significativo e importante pois na hora que um partido como esse (PSDB), faz a sua convenção, onde são escolhidos os seus líderes, o PTB e até mesmo outros partidos, vem se solidarizar com uma legenda tão importante para o estado”.

Comentando sobre os possíveis quadros para 2018, o deputado não apontou nomes para a disputa do Governo, mas sinalizou uma junção do PTB com o PSDB. “Nós não vetamos nenhum partido. Eu acho que temos que ver quem vai compor as oposições, quais os partidos, quais os projetos e a discussão dos nomes vem depois. O PTB, igualmente ao PSDB tem nomes capazes de compor essa frente, capitaneando a chapa de governador, porém acho cedo citarmos nomes. Vamos primeiro ver quem vai compor esses quadros, depois definir projetos e programas, e ver quais os políticos com melhor enquadramento para comandar esse processo”, citou.

Ao ser questionado sobre a possibilidade de unir o PTB e o PSDB, ele foi categórico. “É possível sim que estejamos juntos, nós não podemos afirmar que está certo, porém o PTB está aberto a unir todos os partidos que reúnam projetos e programas para reconstruir Pernambuco”.

Nível Nacional – Sobre a discussão para presidente, onde seu partido apoiou Dilma em 2014, o deputado assiste a volta da aliança PSB-PT no estado e afirma que ainda é cedo para avaliar os cenários.

Direto ao ponto

0 comentários:

Postar um comentário