26 de dezembro de 2017

NÃO ME CONTE, QUE EU CONTO! ESPECIAL PÓS NATAL COM FOME!

Graças a Deus (Pai do Menino Jesus), o Natal de Papai Noel passou. Aquele velho de bochecha rosada que não frequenta casa de pobre, e que aparece mais que o aniversariante ilustre. Mas deixando este velho pra lá, vamos falar de outros que apareceram na região neste período.

Papai Téo esteve levando um agradinho para o menino levado, o Carrin, e conquistou o garoto. Tem quem aposte que foram 30 mil presentinhos. O traquino Carrin ficou feliz da vida e ganhou até o número do celular pessoal do seu Papai Téo. “Ô Papai Téo dos meus sonhos, é muita melodia”, ficou cantando o Carrin, o João Grilo da política de Santa Cruz. Seu coleguinha, Buda-Chicó dessa vez não teve nada haver. Ele achou foi bom seguir sozinho! 

A cidade de Toritama é mesmo de  muita sorte. Lá tem seu próprio Papai Noel, no caso, Papai Edy. Ele fez uma festança para acabar o lixão do seu município. Fico imaginando quando inaugurar futuramente o aterro sanitário  vai chegar de trenó e tudo que tem direito. Ele é bom de obra e de ação, e mais ainda de mídia. Sua imagem é a melhor do Polo de Confecções.

Mas meus amigos, em Santa Cruz do Capibaribe é melhor ser secretário do que vereador. É que o bom velhinho (Para alguns) passou pela Câmara e no apagar das luzes dos trabalhos legislativos, deu um aumento de 77% aos secretários. De 4.800,00 voltou para 8.000,00. A partir de janeiro, secretário ganhará mais que vereador. Ah, a votação foi por unanimidade na primeira e na segunda. Mas em Santa Cruz, alegria de politico dura pouco, sabe por quê?

É que Krampus Tadeu, uma criatura demoníaca que castiga os vereadores que não se comportaram direito durante o ano, tá decidido a morar em Santa Cruz. Aquele ser diabólico que é uma espécie de anti-Papai Noel e Tira Sono dos vereadores de Santa Cruz, foi quem conseguiu a redução dos salários dos políticos e secretários. Dizem por aí, que quando vier morar na Terra das Confecções, não vai perder uma sessão ordinária e extraordinária. Valei os vereadores, São Tomás More!

É que São Tomás More, é o protetor dos políticos. Ele era britânico e foi um intelectual brilhante, reconhecido tanto por seu bom-humor, quanto por seu bom coração (sempre ajudou os pobres, sem pedir votos em troca) e sonhava com um mundo de harmonia e igualdade, onde todos trabalhariam pelo bem comum. Uma mistura de Luciano Bezerra (Intelectual), Ernesto Maia (Bem humorado), Padre Zuzinha (Bom coração) e Afrânio Marques (Sonha pela igualdade). 

Este Santo poderia se chamar: São Lurnestzuafra. Este seria de origem da mundiça de Santa Cruz mesmo! Falaria Sulanquês e Gangarrês, além do português, é "Craro"!

Vou procurar mais uma confraternização para comer de graça, e depois volto para tirar onda da política do polo... E não me queiram mal, que só sei querer bem!


Inté mais vê!

Um comentário: