29 de janeiro de 2018

PSB E PSDB SE COLIGAM NO BRASIL EM TROCA DO GOVERNO DE SP


Um grande acordo entre dois grandes partidos do Brasil foi firmado neste final de semana no maior reduto eleitoral do Brasil. PSDB e PSB firmaram aliança para as eleições deste ano, de 2018, no Estado de São Paulo para garantir a candidatura do vice-governador, Márcio França do PSB. O prego foi batido depois que o senador José Serra afirmou categoricamente que vai direcionar todo o seu grupo pessedessista para apoiar França.
Segundo a coluna Painel, da Folha de São Paulo, o gesto tem potencial para rachar não só o tucanato, como também para arrastar nomes do PSD para a órbita do pessebista. "França foi assunto de uma conversa recente entre Serra e deputados federais. No encontro, o senador –que não é dado a elogios– disse ter ficado impressionado com os relatos sobre a capacidade de articulação do vice de Geraldo Alckmin", diz a colunista Daniela Lima. 
A atitude de Serra e seu grupo rifou de vez as pretensões do prefeito João Dória de ser o candidato do partido ao governo de SP. Não só isso, levou o governador Geraldo Alckmin, que já havia apontado o desejo de firmar o compromisso que assumiu com seu vice, a sacramentar também a aliança e fazer as exigências necessárias a sua candidatura a presidência da republica. A principal delas foi a de ser apoiado, em sua candidatura presidencial, em todos os estados em que houver governadores ou candidatos a governo do PSB.
Segundo um integrante do partido que está intimamente ligado com nossa política aqui, essas exigencias incluem Pernambuco e espera-se que o governador Paulo Câmara volte da viagem de férias, para que os acertos sejam feitos. Uma coisa já está certa: O PSB, com Márcio França, terá a oportunidade de governar o Estado de maior economia e maior colégio eleitoral do Brasil. Mas vai ter que coligar com o PSDB em todo Brasil também. Como ficarão os dois partidos que estão em palanques opostos em PE?
Adrianoroberto.blog.br

0 comentários:

Postar um comentário