5 de fevereiro de 2018

EMOÇÃO E HOMENAGENS MARCAM DESPEDIDA DO RADIALISTA LUCIANO LOPES

  
O domingo foi marcado pelo velório e sepultamento do radialista Luciano Lopes em Santa Cruz do Capibaribe. O repórter policial morreu no sábado dia 3, em consequência de um acidente quando perdeu o controle de uma moto, saiu de sua faixa e colidiu com um automóvel na chamada Volta do Serrote, na PE-160.

No velório, diversas personalidades da imprensa, politica e artística, compareceram para prestar suas homenagens ao radialista. A Câmara de Vereadores recebeu as pessoas que queriam dar adeus ao radialista. 
A palavra de  Deus foi levada por dois pastores, e cantos evangélicos emocionaram familiares e amigos presentes. Um dos filhos do radialista cantou hinos e deu testemunho sobre a importância do seu pai.
O cortejo seguiu pelas ruas do centro da cidade, arrastando os que foram se despedir do repórter. Luciano deixa uma família numerosa e uma história de muita simplicidade e batalha pela sobrevivência.

Luciano Lopes deixa também um estilo próprio em fazer jornalismo policial e a palavra que o caracterizou diante dos ouvintes: Caiquiado.

O seu Caiquiado foi encerrado nesta vida.

0 comentários:

Postar um comentário