16 de fevereiro de 2018

“PRIMEIRA PESQUISA PARA DEPUTADOS SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE”

Acessar é preciso, viver não é preciso. Esse trocadilho nos provoca a necessidade de compreensão do fenômeno da internet além do comum discurso de inclusão relacionado à mesma, em ano de eleições em que se espera que o povo dê a volta por cima e contribua para as mudanças necessárias à nação, as novidades são muitas, para o bem e para o mal do pleito.
Um dos maiores problemas estará em identificar as chamadas Fake News, ou seja, as mentiras espalhadas na rede em relação aos candidatos, quanto a isso alguns números nos ajudam a entender, um relatório sobre economia digital divulgado pela Conferência das Nações Unidas sobre Comércio e Desenvolvimento (UNCTAD, na sigla em inglês) colocou o Brasil em quarto lugar no ranking mundial de usuários de internet. Com 120 milhões de pessoas conectadas, além disso, contamos com mais de 230 milhões de celulares, portanto os arquitetos das campanhas eleitorais agora com menos dinheiro por conta de mudanças na lei deverão explorar ao máximo esse recurso.
Ao mesmo tempo, percebesse hoje as redes sociais como lugar de discussão em torno de temas essenciais para o país, e também como palco de guerra para pessoas que aniquilam o outro para poder legitimar o seu candidato, desmerecendo assim o verdadeiro debate político, que versa sobre como gerar melhores condições de convivência em sociedade. Isso gera também uma desconfiança desproporcional, onde todo político é ladrão, e isso não ajuda a construir o futuro, se sem dúvidas temos um quadro de corrupção endêmica no Brasil, o antídoto pode claramente ser o cuidado no trato com as urnas. Em Santa Cruz do Capibaribe, por exemplo, já temos por conta da internet de possibilidade de trazer a primeira pesquisa para pré-candidatos a deputado da cidade, isto é, todos eles já estão ativamente fazendo suas pré-campanhas no mundo virtual, o que é fake ou não, cabe a você eleitor identificar. No mais fica o dito para ser reescrito e ponto final.

Com dados de: http://agenciabrasil.ebc.com.br/http://www.teleco.com.br

0 comentários:

Postar um comentário