7 de fevereiro de 2018

VEREADOR CAPILÉ EM ENTREVISTA QUENTE

Participando do programa Marcondes Moreno, pela Santa Cruz FM, na terça-feira dia 6, o vereador e líder comunitário Capilé falou sobre o cenário atual da política local, desferindo críticas ao governo municipal e falou sobre seu papel de vereador.

O vereador cobrou que o prefeito de Santa Cruz faça parceria com o prefeito de Barra de São Miguel-PB, no sentido de melhoramentos na estrada que interliga os dois municípios.

Mas o ponto forte da entrevista foi quando Capilé foi questionado se apoiaria o deputado federal Ricardo Teobaldo:

“NEM O PRÓPRIO ZÉ AUGUSTO CONFIRMOU QUE É RICARDO TEOBALDO 100%”

“A gente enquanto vereador tem que tomar postura de grupo, não é Capilé como cidadão é Capilé como politico, e em nenhum momento estou fechado com Teobaldo, assim como o próprio Zé Augusto já falou que tá se estudando bem direitinho para que a gente faça esta confirmação, onde nem o próprio Zé Augusto confirmou que é Ricardo Teobaldo 100%. Então estou aguardando para que a gente tome uma decisão em conjunto, até porque a gente escutou uma conversa que Fernando Aragão pode sair candidato a federal”. Afirmou o vereador.

O vereador deixou claro que sua chapa para disputar a prefeitura em 2020, é Fernando\Cleiton Barbosa, mas esclareceu também que não apoiaria Fernando para federal:

“SE FERNANDO QUISER SAIR CANDIDATO A FEDERAL AGORA, EU NÃO ESTOU COM ELE”

“Fernando Aragão é candidato a prefeito em 2020, agora para federal eu não concordo com esta candidatura se ela vier a ser confirmada. Quero votar em Fernando com a mesma chapa que foi formada em 2016, quero votar em 2020, tem que se manter a chapa Fernando\Cleiton porque ficou um gostinho nos taboquinhas, nas pessoas em Santa Cruz que queriam ver uma pessoa com as mãos limpas em Santa Cruz, agora se Fernando quiser sair candidato a federal agora, eu não estou com ele. A gente não pode fazer um projeto municipal, como o próprio Fernando já falou que a gente não pode lançar um candidato para ser um candidato municipal”.

0 comentários:

Postar um comentário