6 de fevereiro de 2016

UM BANHO DE ALEGRIA

“BLOCO DOS QUE NÃO FORAM”, levou ALEGRIA, FREVO e IRREVERÊNCIA às ruas de Santa Cruz no SÁBADO DE CARNAVAL!

Quem disse que Santa Cruz do Capibaribe não tem carnaval, errou feio, pelo menos, o contrário aconteceu neste sábado de Zé Pereira com o desfile do “Bloco dos Que Não Foram”, que arrastou foliões animados e dispostos a extravasar sua alegria.

O Bloco que completou cinco anos de existência trouxe a Orquestra de Frevo Novo Século que sacudiu a galera com o autêntico frevo de Pernambuco.

Adultos, crianças, grupo de amigos e famílias foram pular frevo e tomar banho de carro pipa, mantendo a tradição do bloco, que também levou mascarados e foliões fantasiados.   
Foi uma festa da democracia e da descontração, onde reinou a paz em primeiro lugar. O bloco foi fiel na questão musical e o que se viu foi o frevo saindo do pé e mexendo com o corpo dos foliões. 
Um boneco gigante foi a grande atração do bloco, chamado a atenção das pessoas nas ruas, como um convite para todos caírem na folia. Não faltaram as máscaras do Japonês da Federal, dando um tom de protesto contra a corrupção.
Foi uma tarde de festa para todos, sem discriminação, sem violência, sem cordas dividindo, mas aberta e liberada para quem quisesse cair no frevo. Na verdade, a festa foi uma tentação para quem assistiu de perto.
A presença da juventude deu um toque especial. Cores e fantasias, muita gente bonita e um povo alegre fizeram valer a tradição de apenas cinco anos, mas que parece ter tempo indeterminado para acabar. 
FOTOS MARCONDES MORENO

OPERAÇÃO CARNAVAL VEM DANDO RESULTADOS

Nessa tarde por volta das 12hs  uma patrulha da GCM Operação Carnaval, ao avistarem dois elementos em atitude suspeita, adentrando em uma residência acionaram a Guarnição da ROMUT como também a do GATI do 24 ° BPM onde juntos cercaram a casa e ao adentrarem, renderam e prenderam dois elementos.
O primeiro meliante, conhecido como Jeferson é foragido de um sistema penitenciário, o qual portava em sua cintura um revólver cal. 38 oxidado com seis munições intactas.
Foi também encontrado em seu poder, três celulares e um relógio dourado. Logo após o efetivo do GATI conseguiu prender o segundo que se tratava de um menor de idade. Todos foram encaminhados para a DEPOL de Santa cruz para as providências.  
FOTOS : SISPOL SANTA CRUZ DO  CAPIBARIBE

CAMINHANDO JUNTOS

O ex-vereador Aguinaldo Xavier, esteve em companhia dos vereadores Fernando Aragão e Galego de Mourinha, por ocasião da abertura da UMADESC 2016, na noite da sexta-feira 5, onde prestigiou o evento religioso que reúne milhares de evangélicos no período de carnaval.

Aguinaldo Xavier tem mostrado muita força e trabalho pelo fortalecimento da pré-campanha de Fernando e Galego a prefeito e vice pela oposição de Santa Cruz do Capibaribe.

O empresário cumprirá a agenda estabelecida por Fernando Aragão nos retiros espirituais 2016. 

CANAL ABERTO COM O PALÁCIO

RUBINHO E DR. GIL BRASILEIRO LEVAM REINVINDICAÇÕES AO GOVERNADOR
BREJO DA MADRE DE DEUS- fazendo uma política diferenciada, bem ao seu estilo “Sem promessas e muita ação”, o empresário Rubinho Nunes vem contribuindo para a administração de Dr. Edson Souza, conquistando espaço importante junto ao governo estadual.
Com uma agenda lotada e um carnaval em todo estado para monitorar, o governador Paulo Câmara encontrou tempo para receber Rubinho Nunes que estava acompanhado de Dr. Gil Brasileiro, que tem um histórico de prestação de serviços em Brejo da Madre de Deus no setor de saúde.  
Na audiência, Rubinho Nunes apresentou uma pauta de reinvindicações para o município e pedidos de várias ações. Na oportunidade o empresário deixou o governador Paulo Câmara inteirado sobre os avanços na administração Dr. Edson Souza em Brejo e as necessidades que o município ainda precisa ver solucionadas.
O encontro aconteceu devido uma articulação do líder do governo na ALEPE, deputado Waldemar Borges, que marcou presença. O conceituado Dr. Gil Brasileiro tratou do assunto saúde pública com o governador, em uma reunião que trará benefícios para a cidade de Brejo da Madre de Deus.
Foto: Assessoria de Rubinho Nunes

COMUNIDADES RURAIS PASSAM A CONTAR COM ÁGUA EM SUAS CASAS

GRAVATÁ- Quase 300 famílias das comunidades dos sítios Breu, Várzea Grande e Casa Nova 1, localizadas na zona rural do município de Gravatá, passaram a contar com água em suas casas. A Secretaria Estadual de Agricultura e Reforma Agrária (SARA) entregou, na manhã desta sexta-feira (05.02), os 03 Sistemas Simplificados de Abastecimento de Água (SSAA) das comunidades, garantindo a segurança hídrica de mais de 1.200 pessoas. Na ocasião também foi autorizado o início da recuperação de 85 quilômetros de estradas vicinais na cidade. O deputado Waldemar Borges, que tinha levado as reivindicações da população ao secretário Nilton Mota, participou da solenidade, ao lado do interventor do município, Cel. Mário Cavalcanti.

A instalação dos referidos sistemas é resultado de um convênio firmado entre o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Agricultura, e o Ministério da Integração Nacional. Em Gravatá, o investimento total foi da ordem de R$ 1,6 milhão.  "Entregar um sistema significa levar água nos locais onde o abastecimento ocorria de forma precária.  Com essa ação garantimos não só a sobrevivência das pessoas com a oferta de água de qualidade, mas a permanência delas no campo", explicou Nilton Mota.
O líder do Governo, Waldemar Borges, lembrou que Gravatá tem muitas riquezas e a intenção do Governo é dar a atenção devida a todas elas. “Quando estive pela primeira vez aqui, a demanda de todos era a água. Hoje comemoramos essa conquista. Nos esforçamos e lutamos para atender essa demanda porque sabemos que ela é justa. Fico feliz quando podemos mostrar que a política é um instrumento para servir à população”, ressaltou.

“Nossa maior dificuldade é água e estrada. Tendo isso, nossa vida melhora muito”, disse a presidente da Associação dos Moradores de Várzea Grande, Diane Bezerra, durante a solenidade. Também participaram dos atos o secretário executivo de Agricultura Familiar, José Cláudio; o presidente do IPA, Gabriel Maciel; os secretários municipais Arthur Cunha (Governo, Comunicação e Imprensa) e Tercília Vila Nova (Desenvolvimento Sustentável e Agricultura); o presidente da Cooperativa dos Produtores de Flores de Pernambuco, Lourenço Zarzar; o presidente do Sindicato Rural de Gravatá, José Mario; e o presidente da Associação da Serra das Russas de Hortifruti, Manoel Antônio dos Santos.

ASSESSORIA DO DEPUTADO WALDEMAR BORGES

Fotos: Roberto Pereira

5 de fevereiro de 2016

CAVALO PASSANDO SELADO

SE FILIAR ao PP seria uma GRANDE OPORTUNIDADE para o vereador CARLINHOS DA COHAB

O cavalo está passando selado para o político mais popular do grupo taboquinha em Santa Cruz do Capibaribe, embora ele ainda esteja pensando em montá-lo e seguir firme para o futuro.

O vereador Carlinhos da COHAB está analisando ingressar no PP, e ser candidato a vereador representando a sigla na Terra das Confecções.

Caso aceite o convite, o vereador ganharia mais apoios importantes para sua reeleição, oficializaria a ida do PP para o palanque de Fernando Aragão e herdaria as emendas do deputado federal Eduardo da Fonte que foram destinadas para Santa Cruz do Capibaribe.

Outras siglas poderão ser o destino de Carlinhos da COHAB, mas nenhuma delas com tantos pontos positivos, como os do PP.

Uma oportunidade rara. 

Foto Marcondes Moreno

CARNAVAL 2016

MAESTRO FORRÓ celebra CHICO SCIENCE e NELSON FERREIRA em PESQUEIRA

Repertório plural garantirá a folia do público, com releituras de Tim Maia, Luiz Gonzaga e Alceu Valença

Muita irreverência, alegria e agito pesado. É o que o Maestro Forró e a Orquestra Popular da Bomba do Hemetério prometem para o Carnaval de Pesqueira, no Sábado de Zé Pereira (6). Homenageado pelo Carnaval do Recife 2016, Forró e sua trupe criaram um repertório variado para dar conta da responsabilidade que é agitar o público pesqueirense. A apresentação ocorre às 00h30.

No repertório de Forró estão homenagens aos 50 anos de Chico Science e a Nelson Ferreira (cuja morte completa quatro décadas neste ano). “Não tenho como fugir – e não quero! – desses dois gigantes da nossa cultura. Em meus trabalhos, tenho influências deles. São maravilhosos, todos sabemos. Nada mais justo que tê-los no repertório”, diz o maestro. Músicas como Praieira (Nação Zumbi) vão compor essa celebração.

Além das músicas autorais da Orquestra da Bomba do Hemetério, haverá versões repaginadas de Tim Maia, Luiz Gonzaga e Alceu Valença. “É um repertório que prioriza a folia. Demos aquela adaptada para o frevo, mas mantivemos a essência das músicas”, declara Forró.

Na abertura do Carnaval do Recife 2016, que ocorreu dia 5 de fevereiro no Marco Zero, ele e a Orquestra estrearam novo figurino, assinado pelo artista plástico Toninho Miranda.

HISTÓRICO – Francisco Amâncio da Silva, o Maestro Forró, foi criado na Bomba do Hemetério, bairro recifense conhecido por suas ricas expressões de cultura popular. Influenciado pela vivência na Bomba, pelo pai – mestre Zé Amâncio do Coco – e pela erudição de seu irmão, o Maestro Gil, Forró criou uma música que une o erudito e o popular. Seu trabalho é baseado em quatro pilares: pesquisa, manutenção, releitura e interação cultural.

Forró é músico formado pela UFPB (especializado em trompete) e foi aluno de maestros internacionalmente renomados, como Charles Schlueter e François Carry. Com formação teatral, trabalhou duas vezes com o renomado diretor Marco Camarotti (montagens A Comédia do Amor e O Auto da Compadecida). Foi diretor musical do Maracatu Nação Pernambuco e já se apresentou em todo o Brasil e diversos países (China, França, Cuba, Inglaterra, Suíça).

OPBH – A Orquestra Popular da Bomba do Hemetério (OPBH) foi idealizada e formada pelo músico, compositor e arranjador Francisco Amâncio da Silva, o Maestro Forró, que comanda uma equipe de 27 integrantes reunidos pelo desejo de fazer música da própria comunidade, na Zona Norte do Recife. Desde 2002, quando foi formada, a Orquestra vem fazendo sucesso por mostrar arranjos fora dos padrões para as orquestras tradicionais, unindo características eruditas e populares, executando os mais variados ritmos, como coco, frevo, rock e manguebeat. Por esse trabalho, o grupo vem recebendo homenagens mundo afora, entre elas a Ordem do Mérito Cultural, uma das maiores honrarias culturais do Brasil, entregue ao Maestro pela presidenta Dilma Rousseff, em solenidade em Brasília em 2013.

PANORAMA POLÍTICO

Seria cômico, se não fosse trágico
Esta semana foi notícia o caso envolvendo a câmara de vereadores da cidade Paraibana de Piancó, onde o presidente daquela casa de Lei se viu obrigado a adquirir um etilômetro, (bafômetro) na intenção de barra aqueles vereadores que por ventura tenha feito uso exercivo de álcool, pois segundo o que foi divulgado tinha vereador indo para as sessões em visível estado de embriagues, ou seja, indo trabalhar embriagado. Pois bem, ao que parece a medida adotada pela presidência da Casa tem funcionado, para coibir tal comportamento, e como agora embriagues no trabalho não da demissão por justa causa, caberá ao povo de Piancó demiti-lo, por justa falta de voto nas urnas em outubro.

Reclamando de barriga cheia

São notícias como esta, que nos leva a ter a certeza que a Câmara Municipal de Santa Cruz do Capibaribe esta a frente de muitos Parlamentos municipais da nossa região, bem como nos mais diversos estados da federação. Isso quer dizer que não temos problemas? Não, também é necessário que avancemos cada dia mais, é preciso que os nossos vereadores estejam sempre buscando mais conhecimento, que sejam mais comedidos com as palavras quando das discursões acaloradas, no entanto nossa Câmara já vem há um bom tempo servido de exemplo, principalmente no quesito trabalho legislativo que é sem duvidas nosso carro chefe. É por essas e outras que a Casa Dr. José Vieira de Araújo, caminha a passos largos na frente de tantas outras. Desta forma entendemos que tem gente reclamando de barriga cheia.

“... É preciso ter um Maia na disputa...”

Em entrevista concedida ao blog Direto ao Ponto, o advogado Tallys Maia deixou claro que a disputa familiar entre ele e seu irmão Augusto Maia pra saber quem irá disputar uma cadeira no legislativo municipal este ano, é uma disputa sadia. Até ai tudo bem, tudo certinho, os discursos bem afinado entre eles, e desta vez não haverá desconforto com o resultado da escolha. Porém quando Tallys diz [... “Nós entendemos que é preciso ter um Maia na disputa, e sendo eleito irá representar o meu pai naquela casa”...] bem, a partir dessa afirmação uma coisa ficou bem clara, o tempo em que seu primo o vereador Ernesto Maia era chamado de primeiro ministro no governo de José Augusto, e representante dos “Maias” no Legislativo realmente é coisa do passado. 

Atenção especial com Toritama 
Nos últimos dias o Deputado Estadual Diogo Moraes tem acompanhado de perto as movimentações política no município vizinho Toritama, ao qual o deputado tem dado uma atenção especial a Capital do Jeans. E neste ritmo o grupo de oposição ao prefeito Odon Ferreira (PSB) segue se fortalecendo além de contar com o apoio e atenção de Diogo Moraes para o pleito que se aproxima.

A esperança é a última que morre

O que se comenta sobre a disputa eleitoral no Brejo da Madre de Deus, é que o atual prefeito Dr. Edson tem se agarrado a uma esperança de novamente concorrer à prefeitura daquela cidade. Particularmente vejo essa possibilidade bem remota de acontecer, já que depois de toda aquela batalha jurídica o Dr. Edson foi reconduzido ao cargo, portanto sua reeleição foi validada, mesmo assim, suponhamos que ele consiga ir pra disputa, então como poderíamos chamar uma possível recondução do prefeito ao cargo? Seria a re-reelição.  Acho pouco provável, mas, como se diz “a esperança é a última que morre”.  

Por: Nilson Pereira

CAMPANHA FORA DE ÉPOCA

SE ISSO NÃO FOR PROPAGANDA EXTEMPORÂNEA, O QUE É ENTÃO?

TORITAMA- Por ocasião da tradicional festa da Capital do Jeans, dia 2, o que se viu nas ruas eram adesivos alusivos a pré-campanha da vice-prefeita Lucinha Pereira, onde seus correligionários distribuíam e usam vários modelos diversos.

Este da foto é claro demais. A mão fazendo o “L” de Lucinha, mais as novas cores da aliança (Amarelo/Azul) e para completar a festa o 45, do PSDB.

Se isso não for propaganda extemporânea, o que é então?

Conhecida pelo “Derrame” de dinheiro gasto em campanhas pelos principais grupos, Toritama fez fama por não se importar com as questões financeiras.

Sendo assim, o que parece é que a maioria dos políticos locais, não está nem aí, para as possíveis multas eleitorais que possam vir. 

 O grupo do prefeito não ficou para traz, e também fez sua “Campanha de forma aberta”.

Faixa em frente a prédio público, festa e muita demonstração de apoios políticos, gestos com a mão fazendo um “4”, entre outras manifestações.

4 de fevereiro de 2016

ALERTA CONTRA PROPAGANDA ELEITORAL EXTEMPORÂNEA

MPPE Alerta contra propaganda eleitoral extemporânea em mais oito municípios

Dando continuidade às medidas de combate à propaganda eleitoral extemporânea, o Ministério Público de Pernambuco (MPPE) recomendou a todos os interessados nos municípios de Vicência, Carpina, Lagoa do Carro, Aliança, Chã Grande, Gravatá, Petrolândia, São João e Olinda que se abstenham de praticar quaisquer condutas que caracterizem propaganda leitoral explícita ou subliminar irregular.

Caracteriza propaganda extemporânea subliminar ou invisível quando se leva ao conhecimento público, de forma dissimulada com uso de subterfúgios, candidatura própria ou de alguém, demonstrando de forma implícita, através de atos positivos do beneficiário ou negativo do opositor, que o beneficiário da publicidade em questão é o mais apto para assumir a função pública pleiteada.

De acordo com os promotores de Justiça Sylvia Câmara de Andrade (Vicência, Aliança, Carpina e Lagoa do Carro), Fernanda Henriques da Nóbrega (Gravatá e Chã Grande), Raphael Guimarães dos Santos (Petrolândia), Ana Cristina Barbosa Taffarel (São João) e Sérgio Souto, Viviane de Menezes e Cristiane Correia (que atuam perante a 10ª, 100ª e 117ª Zonas Eleitorais, todas no município de Olinda) a Lei Federal nº9.504/97 determina o início da propaganda eleitoral a partir de 16 de agosto do ano das eleições. A violação desse prazo sujeitará o responsável pela divulgação e beneficiário da propaganda extemporânea, seja explícita ou subliminar, à multa no valor de R$ 5 mil a R$ 25 mil ou o equivalente ao custo da propaganda se este for maior.

Ainda segundo os promotores de Justiça, as recomendações têm caráter preventivo. “Chegou uma denúncia sobre propaganda irregular em Vicência e em Carpina são vistos alguns outdoors. Já em Aliança não houve denúncia, nem indícios de propaganda irregular, mas achei por bem alertar à população”, explicou Sylvia Câmara.

Já Fernanda Henriques da Nóbrega e Raphael Guimarães dos Santos atentam para os prejuízos que a utilização de propaganda irregular pode trazer ao pleito deste ano. “A propaganda extemporânea, explícita ou subliminar, é um instrumento lesivo à democracia pois torna possível desequilibrar a igualdade de condições dos candidatos à disputa do pleito e influenciar o resultado geral da eleição. Nesses casos, há evidente abuso de poder político, que será combatido pelo MPPE”, afirmaram.

Nos casos de Olinda e São João, o MPPE também busca evitar que manifestações carnavalescas, como marchinhas, estandartes, bailes e apresentações de artistas, sejam utilizadas para a promoção eleitoral de um candidato ou para desqualificar seus futuros oponentes.

POLÍCIA CIVIL CANCELA GREVE

NOTA DO SINPOL

Os policiais civis de Pernambuco, reunidos em Assembléia Geral neste 4 de fevereiro, decidiram dar um voto de confiança ao Governo do Estado e não vão entrar em greve por tempo indeterminado. O Governo do Estado enviou ao sindicato ontem (03/02) um ofício se comprometendo a enviar um projeto de lei para a assembleia Legislativa no dia 15 de fevereiro promovendo modificações no plano de cargos e carreiras da Polícia Civil acordado com o sindicato em dezembro de 2015.


Com auditório lotado de policiais civis, a direção do Sinpol colocou para votação a possibilidade do voto de confiança ou a continuação do movimento grevista. A categoria decidiu com apenas dois votos contrários que NÃO iria interromper os trabalhos da polícia no carnaval.


Áureo Cisneiros, presidente do sindicato, afirmou que se no dia 15 de fevereiro este projeto de lei não for enviado, os Policiais Civis novamente podem iniciar um processo paredista.

CARA DE PAU

CARA DE PAU: A Vereadora Nara Leandro (PSB), em entrevista a uma rádio durante a semana afirmou e desmentiu o que falei na última curtinha do dia 28.01, quando disse: que eu não me encontrava no local e estava mal informado.

CARA DE PAU (II) : Apesar da mesma dizer que eu não estava, mesmo me cumprimentando no local, ainda não defendeu seus companheiros de bancada e muito menos os vereadores de oposição onde o Futuro corregedor fez campanha para a mesma.

NÃO É DE ESTRANHAR: Essa postura da nobre vereadora não é de estranhar, uma vez que a mesma tratava o Ex-Deputado Zé Augusto de “Painha” e hoje tanto o critica o “Painha” que até benção ela dava.

É CARNAVAL: Vai começar a maratona dos políticos da nossa cidade durante o feriado do carnaval, várias cidades para percorrerem e vários retiros espirituais. A jornada atrás do voto já começou, e a folia vai começar.
VAMOS AGUARDAR: Vamos aguardar o passar das festas carnavalescas e a visitas. Pois na verdade será depois desse período que a política local vai esquentar, e as definições de partidos e pré-candidaturas irão se confirmarem.

CALENDÁRIO DE FEIRAS

COMUNICADO

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Agricultura e Meio Ambiente, através da Gerência de Feiras e Mercados informa aos comerciantes e população, que em virtude das festividades carnavalescas, o calendário de feiras em Santa Cruz do Capibaribe foi ajustado da seguinte forma:

RIQUEZA E VUNERABILIDADE

Uma Cidade Rica, conhecida como a capital da Moda, que produz milhões de unidades de produtos de confecções, que possuem um território composto de planaltos e planícies. Uma cidade banhada pelo Rio Capibaribe, que fez surgir ás suas margens uma civilização oriunda de diferentes povos. Que foi colonizada e catequizada pela santificação da cruz, que comporta milhares de migrantes. Que se orgulha de obter em sua localização geográfica o maior centro atacadista de confecção do Mundo. Que tem o privilégio de semanalmente receber uma população flutuante de quarenta mil pessoas que de maneira voluntária e sem incentivos públicos, comercializam artigos do vestuário e movimenta financeiramente toda uma economia regional.

Que tem um povo trabalhador que desde os primórdios da confecção tem a rotina de madrugar nas noites ininterruptas dos dias de feiras para revenderem seus produtos.

Uma população que inicia seu sistema produtivo, alinhavando pedaços de retalhos produzindo cobertas para afugentar das noites frias, seu próprio corpo. Que pelo espirito empreendedor vislumbra o excedente para a comercialização.

Uma cidade cravada no agreste setentrional o conhecido polígono da seca, de uma população sem expectativas de sobrevivência através da agricultura ou pecuária. Uma cidade de clima semiárido com poucas chuvas, uma cidade miscigenada e multicultural. Uma cidade de pequeno, médio e grandes empresários, um povo hospitaleiro e solidário.

Uma cidade de grandes vultos, de história de empreendedorismo, de bravura. Um histórico Político composto de batalhas partidárias entre dois grupos, que nunca se converteu em melhorias públicas. Um povo que adora política, mesmo enganados pela conscientização do próprio conceito de POLIs. (A polis era uma organização social constituída por cidadãos livres que discutiam e elaboravam as leis relativas à cidade.)

Cidade de uma flora centenária, de artistas, jogadores de futebol, atrizes e atores do teatro amador e profissional, de atletas das mais diversas modalidades em destaque em todo o Brasil, de uma banda musical patrimônio cultural, que vive seus flagelos para se manter de pé. Um clube social e esportivo que já esteve na elite do futebol interestadual, de histórias e glorias. Mas que vive também sobre o julgo da infelicidade.  

Uma cidade com ruas de terra batida, que lembra as cidades recantos dos interiores mais logicou do País. Uma cidade conhecida no Brasil inteiro e desconhecida por seus governantes. Lugar que se exibem com orgulho possantes carros de luxo, que tem belos arranha céus, condomínios, belas mansões..., mas ás vias de asfalto ou pavimentos quando existem, são esburacados.

Uma região de poucas chuvas, se esse fenômeno da pouca existência agrava a dura vida do povo, a chuva com frequência tornaria a vida ainda pior. A cidade não tem infraestrutura não foi projetada com eficiência. Se sofre por escassez d´gua. Se tem água não tem reservatórios. Os existentes estão vazios, arcaicos fora da realidade atual.

Uma economia de monocultura que já foi forte e punjam-te, que se encontra em plena decadência, fruto da desordem organizacional econômica, do descompromisso público, da falta de políticas especificas e especializadas para o APL local. (ARRANJO PRODUTIVO LOCAL)
                                                                       
JOSE DALVINO

MAIS CONVÊNIOS

EDSON VIEIRA assina CONVÊNIOS com a CAIXA ECONÔMICA FEDERAL 

Na manhã desta quinta-feira (03), o prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), assinou convênios com a Caixa Econômica Federal estipulados em aproximadamente R$ 3 milhões, destinadas para obras de pavimentação, asfalto, centro de comercialização, quadra esportiva e cozinha industrial. Os recursos provenientes de emendas parlamentares, contam ainda com a contrapartida de R$ 85,5 mil do município. 

Durante o ato de assinatura dos documentos, o prefeito Edson Vieira (PSDB) agradeceu a todas as pessoas que contribuíram para a aquisição dos recursos. "Na antevéspera do período de carnaval fico feliz em compartilhar com a população de Santa Cruz do Capibaribe a conquista desses investimentos para o município. Gostaria de agradecer aos parlamentares pelas emendas, a equipe de planejamento do governo municipal pela elaboração dos projetos e a Caixa Econômica pela parceria e empenho na viabilização dos recursos,” destacou o prefeito. 
De acordo com a superintendente da Caixa, Simone Nunes, a missão da instituição bancária é ser intermediadora dos recursos federais junto ao município. Ao se dirigir a atual gestão pública, a supervisora ressaltou o perfil trabalhador da Capital da Confecção. “A parceria que hoje firmamos nos permitirá contribuir para o desenvolvimento do município, pois, é significativo mostrar que o ano não começa depois do carnaval, aqui em Santa Cruz do Capibaribe se trabalha o tempo todo,” contou Simone.

O fechamento do convênio aumentará a atuação da Secretária de Serviços Públicos, ao executar obras direcionadas às gerências de Cultura e de Esportes. “Nosso trabalho e responsabilidade aumentam na medida em que ficamos responsáveis pela execução futuramente da construção do centro de comercialização, quadra poliesportiva e cozinha industrial,” enumerou o secretário Gilson Julião.

Participaram ainda do ato, o gerente geral da Caixa do município, Luciano Bernardino; gerente executivo da Caixa, Isabelle Brandão; a representante da Caixa Econômica, Andreia barros; os vereadores Afrânio Marques, Narah Leandro e Dida de Nan; e membros das secretárias de Serviços Públicos e de Planejamento e Gestão.


ASSESSORIA DA PREFEITURA

UM LUGAR CHAMADO "CU DO BOI"

Ednaldo “Cassaco”, mora há 35 anos no Cú do Boi e não pensa sair nunca de lá

REPORTAGEM ESPECIAL- Um pedaço de Santa Cruz do Capibaribe “desconhecido” pela maioria da população cultiva hábito e costumes antigos, mantendo um ar bucólico, sendo uma página importante da história da cidade.

Foi lá que a cidade começou, as primeiras casas se formaram em torno e por traz da igreja matriz, e a partir a “Rua Grande”, foi crescendo, a cidade também, e o chamado “Cú do Boi”, foi ficando esquecido por muitos. 

Um dos seus moradores é o popular Cassaco, que reside na localidade há 35 anos, e que não quer sair lá, nunca. "Cassaco" é santa-cruzense com participação na cultura do município nos anos 70 e 80. 
Situado por traz da Igreja Matriz, o “Cú do Boi”, abriga moradores antigos e suas culturas. Sua arquitetura mostra a importância histórica e a beleza de uma cidade, que vem perdendo sua identidade cultural aos poucos, diante do crescimento populacional, sobretudo, de pessoas oriundas de outros municípios. Na foto, a CASA PAROQUIAL, uma das primeiras construídas na cidade.
Este blogueiro já foi morador quando criança deste berço da história da Terra das Confecções, guardando recordações importantes.  A foto mostra um beco que dá acesso ao Rio Capibaribe e Riacho Tapera.

O calçamento intacto mostra o talento de um homem: Manoel Pedro da Silva, o Mané do Calçamento, pai deste blogueiro, e que chegou a cidade para fazer a obra, a convite do então prefeito eleito, Raymundo Aragão.
A moradora antiga assiste a vida passar, e lá no seu cantinho, cultiva hábitos, costumes e tradições.

As fotos a seguir são do “Oitão da Igreja, “Riacho Tapera” e do “Rio Capibaribe” 
FOTOS MARCONDES MORENO