Waldemar Borges visita distrito de Boas Novas, em Bezerros


O deputado estadual Waldemar Borges e o deputado federal Danilo Cabral participaram, na tarde da sexta-feira (12.09), de uma reunião na comunidade do distrito de Boas Novas, no município de Bezerros, convidados pelo prefeito do município, Severino Otávio (Branquinho). No encontro, foi reforçada a importância do apoio às candidaturas dos deputados nas eleições do dia 05 de outubro para que o desenvolvimento do local continue.
“Para fortalecer nossa comunidade, é importante que votemos nos candidatos que já fizeram muito pelo município e que vão trazer mais benefícios para nossa localidade”, disse o presidente da Associação dos Moradores de Boas Novas, Emanuel. A ex-professora da comunidade, Janice, também falou da importância do voto nos parlamentares. “Essas são as pessoas que agregam valor e que vão trazer as ações e benefícios para Boas Novas. Para ser feito mais precisamos estar no rumo e no caminho certo”, ressaltou.
O prefeito Branquinho lembrou que tudo que foi feito em Bezerros foi fruto de uma parceria com o ex-governador Eduardo Campos e com os deputados Waldemar Borges e Danilo Cabral. “Sem eles, eu não teria feito tanto. Agora, preciso renovar essa parceria e, por isso, procurei dois nomes que já tinham serviços prestados ao município. Quero continuar meu compromisso de continuar trabalhando por Boas Novas e esse também será o compromisso de Waldemar e Danilo”, garantiu.

Luciana fortalece apoios em Sanharó, Olinda e Itaquitinga

 
Um novo momento. Em reta final, a campanha para reeleição da deputada federal Luciana Santos segue com força total pela região metropolitana, agreste e sertão. E a última sexta-feira (12/09) foi um dia de agenda cheia, com importantes encontros em Sanharó, Olinda e Itaquitinga.

Na terra do leite e do queijo – como é conhecida Sanharó, Luciana Santos participou de um café da manhã promovido pelo prefeito e correligionário Fernandinho Fernandes. No encontro, aproximadamente 100 pessoas presenciaram o atual e o ex-prefeito César Freitas apresentarem as emendas e parcerias que a deputada articulou nestes 12 anos de gestão comunista do município. “Tudo que eu pedi a Luciana, chegou. Quando eu assumi a prefeitura, Sanharó só tinha uma quadra poliesportiva, com a ajuda da deputada conseguimos construir mais 5, além das reformas em postos de saúde, construção de uma creche, aquisição de equipamentos para o hospital e a implantação de cursos profissionalizantes na cidade”, enfatizou Fernandinho em caminhada pelas ruas do distrito de Mulungú.

Para o ex-prefeito César Freitas, é muito importante a reeleição da deputada Luciana Santos para Sanharó por conta da facilidade do acesso à parlamentar em Brasília: “Fizemos um longo caminho com Luciana nestes últimos anos. Tenho certeza que Sanharó precisa muito do apoio que ela tem nos dado de uma forma muito bonita”, comentou Freitas.

Após caminhada em Mulungú, a candidata se encontrou com servidores da secretaria de Serviços Públicos de Olinda, no hotel Costeiro - beira-mar da Cidade Patrimônio. “Hoje nós temos duas Olindas: uma antes do PCdoB e outra durante o PCdoB. E a importância de reeleger Luciana Santos passa pela necessidade de termos uma representante com dignidade, que luta pela cidade desde 2001- quando assumiu a prefeitura”, explicou o secretário Manuel Sátiro, que promoveu a ação no final da tarde. Em discurso, a deputada citou os avanços da Educação, Ciência e Tecnologia, em Pernambuco durante a gestão do ex-governador Eduardo Campos, e comentou a importância que Marcelino Granja – amigo, correligionário e candidato a Deputado Estadual - teve em sua gestão quando prefeita de Olinda.

Itaquitinga e Manoel Botafogo

E o final da agenda foi na Zona da Mata Norte de Pernambuco. Em Itaquitinga, a candidata comunista se juntou a militantes, apoiadores da campanha e ao candidato a deputado estadual Manoel Botafogo, com quem discursou em palanque montado após carreata pela cidade na noite da sexta-feira (12/09).

Ibope: Dilma tem 6 pontos de vantagem sobre Marina

A nova pesquisa Ibope sobre a sucessão presidencial aponta um quadro de relativa estabilidade. A presidente Dilma Rousseff se mantém na dianteira no primeiro turno, com 36%, contra 30% de Marina Silva, enquanto Aécio Neves segue em terceiro lugar, com 19%, tendo crescido quatro pontos.
Na simulação de segundo turno, há um quadro de empate técnico: Marina com 43% e Dilma com 40%.
Se a disputa fosse entre Dilma e Aécio, a presidente venceria por 44% a 37%. Numa hipotética, mas improvável disputa entre Marina e Aécio, ela venceria por 48% a 30%.
 
O nível de confiança da pesquisa é de 95%, com margem de erro, com dois pontos para mais ou para menos.

Câmara de Santa Cruz realizará audiência pública para discutir LDO 2015

O vereador Afrânio Marques (PDT) falou na manhã desta terça-feira (16) na Sessão Ordinária sobre uma audiência pública, que ocorrerá nesta quarta-feira (17), na Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe, onde será discutida a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) 2015.
Segundo Afrânio que é presidente da Comissão de Finanças e Orçamentos da Casa, o evento aberto ao público, ocorrerá a partir das 10hs e contará com a presença de vários segmentos da sociedade.
O legislador disse ainda que integrantes do governo municipal, segmentos de classe, vereadores e principalmente a população devem participar do evento. 

Ibope confirma dianteira de Câmara sobre Armando

A pesquisa Ibope divulgada nesta terça-feira (16) aponta os seguintes percentuais de intenção de voto na corrida para o governo de Pernambuco:
 
Paulo Câmara (PSB): 38%
Armando Monteiro (PTB): 32%
Zé Gomes (PSOL): 1%
Pantaleão (PCO): 1%
Miguel Anacleto (PCB): 0%
Jair Pedro (PSTU): 0%
Brancos e nulos: 11%
Não souberam responder: 16%
No levantamento anterior realizado pelo instituto, em agosto, Armando Monteiro aparecia com 38% e Paulo Câmara, com 29%.
Na simulação de segundo turno, Paulo Câmara (PSB) tem 40% e Armando Monteiro (PTB) tem 34%. Brancos e nulos são 11%. Os que não souberam responder são 16%
Rejeição
O Ibope também pesquisou em quem os eleitores não votariam de jeito nenhum. Confira abaixo:
Pantaleão (PCO): 32%
Zé Gomes (PSOL): 28%
Jair Pedro (PSTU): 26%
Miguel Anacleto (PCB): 23%
Armando Monteiro (PTB): 21%
Paulo Câmara (PSB): 18%
Poderia votar em todos: 10%
Não sabe ou não respondeu: 22%
Realizada entre os dias 12 e 15 de setembro, a pesquisa contou com 2.002 entrevistas em 82 municípios. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%, o que quer dizer que, se levada em conta a margem de erro de dois pontos para mais ou para menos, a probabilidade de o resultado retratar a realidade é de 95%. A pesquisa está registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) sob o protocolo número PE-00025/2014 e no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob protocolo número BR-00652/2014. A TV Globo encomendou a pesquisa
 

 

SAÍDA DE PATRÍCIA POETA EVIDENCIA CRISE NO JN


247 – A Rede Globo divulgou ontem a saída da jornalista Patrícia Poeta da bancada do Jornal Nacional no dia 3 de novembro. Ela se dedicará a um novo projeto de entretenimento e será substituída por Renata Vasconcellos, que atualmente apresenta o programa Fantástico, aos domingos.

A emissora tenta esconder a crise no principal noticiário da televisão brasileira e alega que esse era o prazo de Poeta no jornal, estipulado no momento de sua escalação. A notícia, porém, nunca foi divulgada.

A passagem de Poeta pelo JN, ao lado de William Bonner, foi marcada por uma queda acentuada de telespectadores. Segundo o Ibope, ela chegou à bancada quando o jornal marcava 30% de audiência, em 2011, e a entrega um terço menor.

Além disso, ela foi protagonista de uma inacreditável ação eleitoral contra a presidente Dilma Rousseff. Na série de entrevistas com os presidenciáveis, Patrícia Poeta chegou a fazer cara de nojo e a colocar o dedo em riste diante de Dilma em razão do "nada" que teria sido feito na área da saúde em 12 anos, ditos com ênfase pela apresentadora. O ataque foi fortemente criticado nas redes sociais.


Para o colunista Paulo Nogueira, Patrícia Poeta foi tragada pela “destruição criadora”. Em artigo no Diário do Centro do Mundo, ele diz que mudança antecipa a morte do JN pressionada pela Era Digital “Em termos de JN, isso quer dizer que mesmo que fosse um telejornal esplêndido, a audiência seria declinante na Era Digital. Ninguém imaginava até recentemente que a tevê se transformaria numa mídia decadente, mas a internet fez isso”.


Para pensar


AS ORIGENS


Hoje vamos fazer uma incursão um pouco mais profunda no tempo, para flagrar Santa Cruz do Capibaribe em seu nascedouro, quando ainda não tinha este nome, mas se chamava “Tapera”. Depois é que, em função da cruz encontrada no lugar onde provavelmente Antonio Burgos construíra uma capelinha, passou a se chamar Santa Cruz. Alguns anos após, quando algumas cidades de Pernambuco mudaram de nome (Torre, por exemplo, passou a ser Toritama), quiseram mudar Santa Cruz para “Capibaribe”; com certa polêmica, chegou-se ao consenso do atual nome Santa Cruz do Capibaribe.
A Vila de Santa Cruz, em 1903

Em 1937, foi encontrada no Arquivo Ultramarino, de Lisboa, uma coleção de documentos referentes à Capitania de Pernambuco, datados de 1738, e mandados preparar pelo então governador Henrique Luiz Pereira, em que estavam registrados dois roteiros fluviais primitivos da Capitania, cortando de Leste a Oeste toda a região agreste: um, pelo centro, denominado “do Ipojuca” (seguindo os rios Ipojuca e Moxotó até o São Francisco); o outro, pelo Norte, chamado “do Capibaribe” (através dos rios Capibaribe e Pajeú, até o São Francisco). Eram os denominados “caminhos das boiadas”, rotas comerciais que seguiam o fluxo dos grandes rios que cortavam o território pernambucano.
Trecho da Rua Grande

A ordem do governo era percorrer tais caminhos, registrando-lhes as distâncias em léguas (cada légua = 6 km) entre as povoações existentes, do Recife até os confins da Carinhanha, na fronteira com Minas Gerais. Observemos o roteiro que diz respeito a nossa região.

Saindo de Recife, eram seis léguas até o Engenho de São João; mais três léguas até o Engenho de Paudalho; quatro léguas até o Engenho da Apunha. A partir daí, caminhavam-se mais quatro léguas, até chegar à Missão do Limoeiro, mais duas até a localidade Espinho Preto, e outras duas até Arara; mais três léguas até Tamaripica, duas até o lugar que chamavam Omari, e outras duas para o Theepe; duas léguas até o local Couro d’Antas, outras duas até o local chamado Onça, e três léguas até o Enjeitado; até a Fazenda Espírito Santo eram mais cinco léguas, e com uma légua mais, chegava-se a Tapera – futura Santa Cruz do Capibaribe; andando um pouco mais, duas léguas adiante, chegava-se em Poço Comprido, e mais duas até o Poço Fundo. No total, são 45 léguas, que correspondem a 270 km.

A partir de Poço Fundo, a rota segue pela região Cariri, da Paraíba, até atingir o segundo rio do roteiro, o Pajeú, na localidade São Pedro (hoje Itapetim), e daí chegando a Cabrobó, quando se encontrava o Rio São Francisco.
O Rio Capibaribe, que serviu de roteiro para viajantes do litoral para o interior

Alguns detalhes chamam a atenção, nesse roteiro de mais de duzentos e setenta anos atrás: a Missão do Limoeiro, atual cidade de Limoeiro, fora fundada em 1662, pelo Padre João Duarte do Sacramento, da Congregação de São Felipe Neri; a Fazenda Espírito Santo, fundada no atual município de Brejo da Madre Deus, pelos padres da mesma congregação, ainda existe com o mesmo nome; Poço Fundo era uma fazenda fundada pelo Coronel João Cavalcanti de Albuquerque, que a recebeu em Carta de Sesmaria de 10/10/1727, hoje é a vila do mesmo nome.

Segundo rápida pesquisa feita pelo Prof. Lindolfo de Lisboa, o fidalgo português Antonio Burgos “padecia de moléstia incurável, talvez a tísica, e, aconselhado pelos médicos, procurou esta região a fim de se refazer da saúde abalada”. Aqui chegando, construiu uma casinha e uma capela de taipa (esta onde hoje fica a igreja matriz), tendo sido provavelmente tudo abandonado após sua morte. Só por volta de 1790, a capela foi reconstruída, quando já havia certa população em torno.
Um aspecto da Rua Grande, da antiga Vila de Santa Cruz

Poucas são as informações que se tem desse período, e durante todo o século XIX, embora uma pesquisa historiográfica mais detida talvez possa revelar grandes surpresas, em termos de documentos. Só haver disposição, engenho e arte para tal.
Em 1899, foi criada a agência dos Correios; em 18/04/1892, Santa Cruz passou à categoria de Vila; e, em 20/09/1918, foi criada, pelo Arcebispo Dom Sebastião Leme da Silveira Sintra, a Freguesia do Bom Jesus, cujo primeiro pároco foi o Padre José Apolinário Martins.

Pertencente ao município de Taquaritinga do Norte, foi deste desmembrado em 29 de dezembro de 1953, através da Lei Estadual nº 1.818, que criava, além de Santa Cruz do Capibaribe, vários municípios pernambucanos, como Camocim de São Félix (desmembrado de Bezerros), São Vicente Férrer (de Timbaúba), Petrolândia (de Tacaratu). Mas esta história da emancipação política já conhecemos, contada pelo sr. Raymundo Aragão, publicada semanas atrás, nesta coluna.
A Igreja Matriz, tendo à frente o Cruzeiro


O mais importante, nessa conversa toda, é perceber que a localidade Santa Cruz do Capibaribe (então chamada Tapera – cuja denominação ainda ficou para o riacho que a cruza hoje, entupido de lixo e esgotos podres), está presente num itinerário oficial da Capitania de Pernambuco desde os idos de 1738, comprovado por documento governamental. 


Em Brejo Dr. Edson mostra quem está com ele


Prefeito de Brejo arruma a casa “Meus candidatos são Waldemar Borges e Bruno Araújo”

Na reta final das eleições, o prefeito de Brejo da Madre de Deus está numa peregrinação para apresentar seus verdadeiros candidatos a deputado estadual e federal, já que foram eles segundo Dr. Edson Souza, os grandes responsáveis por sua volta ao comando da cidade.
 Waldemar Borges e Bruno Araújo


Em reuniões com a população, visitas as comunidades ou mesmo no corpo a corpo com o eleitor, Dr. Edson Souza, mostra seus candidatos e não esconde o desconforto que alguns dos “seus” vereadores estão causando. 


Josevaldo, Hilário Paulo e Maria José do Tambor vão de encontro a Dr. Edson e apoiam Diogo Moraes!

Parte dos vereadores de situação em Brejo se rebelou contra o desejo do prefeito, e mesmo sabendo da justificativa do mesmo em apoiar Waldemar Borges, que teve papel fundamental em sua volta a prefeitura, o grupo comprou uma briga que pode não acabar bem politicamente.

Josevaldo de Mandaçaia, Hilário Paulo e Maria José do Tambor apoiam e pedem votos para o estadual Diogo Moraes, numa medição de forças nesta eleição.

Já estará em jogo um novo projeto para 2016?

Ninguém pode afirmar, mas o eleitor da Onda Azul em Brejo terá que fazer a opção em votar nos que foram os responsáveis pela volta do Dr. Edson Souza à prefeitura, e no candidato dos vereadores rebelados politicamente. 

A polêmica lembra muito o que está acontecendo em Santa Cruz do Capibaribe, quando os vereadores da oposição se rebelaram contra o deputado federal José Augusto Maia e apoiam outros candidatos a estadual e federal.   

Armando na Mata Sul

“Vamos promover o resgate da Mata Sul”, promete Armando, em visita a Joaquim Nabuco

Em sua passagem pelo município de Joaquim Nabuco, na Mata Sul do Estado, o terceiro compromisso de campanha neste domingo (14), o candidato a governador Armando Monteiro (PTB), da coligação Pernambuco Vai Mais Longe, garantiu que vai promover o resgate econômico da região e manter os programas sociais em benefício da população, como o Chapéu de Palha.

“Vou eleger como prioridade absoluta do meu governo o resgate dessa região. E vou manter os programas sociais. Me honro de estar com Dilma e com Lula, que fizeram o Bolsa Família, programa que sustenta a renda de muitos brasileiros”, colocou Armando, diante de uma plateia formada por mais de 2 mil pessoas que foram prestigiar o petebista.

Além da manutenção dos programas sociais, Armando reforçou que vai implantar na região um novo distrito industrial para gerar empregos de melhor qualidade para os filhos da Mata Sul. O local escolhido será o município de Palmares, devido à posição estratégica e também para facilitar o escoamento da produção.


“O que quero é ajudar a gerar empregos para os filhos dessa região”, disse Armando Monteiro, sendo bastante aplaudido pela população de Joaquim Nabuco.

Ernesto Maia com Armando



Carreata em Escada deixa junto mais uma vez Ernesto Maia e Armando Monteiro

Em sua maratona de visitas por Pernambuco, o candidato a deputado estadual Ernesto Maia, participou de uma grande carreata de Armando Monteiro na cidade de Escada.

Em Escada, Ernesto Maia tem apoios importantes e promete surpreender nas urnas, já que uma equipe de apoiadores tem arregaçado as mangas para mostrar sua força.

Na carreata ao lado da comitiva de Armando Monteiro Ernesto Maia teve a oportunidade de mostrar ao candidato a governador que em Santa Cruz do Capibaribe tem feito sua parte tanto na divulgação, quanto na campanha por votos para eleger o petebista, o senador João Paulo e reeleger Dilma presidente.

Ao lado de Ernesto, vereadores e lideranças foram levar o abraço e o apoio à campanha de Armando Monteiro. 

Para pensar


VANDALISMO E JOGO BAIXO EM FAZENDA NOVA

As campanhas eleitorais em todo Brejo da Madre de Deus estão intensas, o crescimento da campanha do Deputado Waldemar Borges que é apoiado pelo Prefeito Dr. Edson, pelos vereadores Manuel Bento, Flávio Diniz, pelo Dr.Mesquita, Rubinho Nunes e muitas lideranças de expressão na cidade, parece incomodar muita gente.

Na madrugada deste domingo, vândalos cortaram banners  com a imagem de Dr. Edson e Waldemar Borges no Distrito de Fazenda Nova. Por volta das 02:30, populares ouviram disparos de arma de fogo de groso calibre, fato este que assustou os moradores que residem próximo ao antigo grande hotel de Fazenda Nova. Apenas a imagem de Eduardo Campos foi poupada do vandalismo.

A coordenação de campanha de Waldemar Borges em Brejo, já está tomando providencias que podem levar ao autores da ação criminosa e desesperada.


Do BLOG DO MARCELO SANTA CRUZ

Notícias do SINTRAVE-PE‏

Cegonheiros de Pernambuco agora com sede em Goiana

No sábado dia 13 os cegonheiros pernambucanos comemoraram a inauguração da nova sede social do SINTRAVE/PE na cidade de Goiana zona da Mata Norte de Pernambuco.

A categoria vem numa luta intensa e segue animada para conquistar uma fatia no transporte dos veículos produzidos na nova fábrica da FIAT  localizada em Goiana Pernambuco.


Em assembleia a categoria aprovou a filiação do SINTRAVE  a CUT que chega para abraçar e somar forças aos cegonheiros pernambucanos.

"Estamos chegando em Goiana para ficar, aqui está o futuro e a prosperidade dos cegonheiros de todo o estado de Pernambuco. Que Deus continue nos abençoando , abençoando a cidade de Goiana e o nosso Pernambuco". Disse Luciano Pontes, vice Presidente do SINTRAVE/PE.

“Tudo que o Estado programou e prometeu já está depositado”

O vereador Luciano Bezerra (PR) falou na Rádio Polo em recente entrevista, sobre o pedido de vista do vereador oposicionista Carlinhos da Cohab (PSL), em relação à Suplementação Orçamentária que servirá para pagar a ultima parcela à empresa responsável pela obra do Calçadão Miguel Arraes de Alencar.

O vereador explicou que não se trata de crédito adicional nem novas despesas ou gastos, mas apenas a autorização do poder legislativo. “Todo recurso que o Estado programou, e prometeu já está depositado, precisa apenas dessa formalidade da Câmara para que se concretize o pagamento”, falou.

Luciano explicou que pedidos de vista para qualquer projeto é um direito parlamentar, mas que está faltando bom senso por parte do oposicionista.  “É um direito que ele tem, mas há uma questão de bom senso, onde a prefeitura precisa pagar à empresa, por um trabalho que foi feito e consequentemente entregar a obra as 4 mil famílias que serão beneficiadas e poderão exercer seu trabalho”, enfatizou.


Igualmente ao prefeito Edson Vieira (PSDB), Luciano alertou para a possibilidade de atraso, devido ao empecilho. “Existe essa possibilidade, porem Edson está conversando, explicando a situação à empresa. Há uma estabilidade um sentimento de que pode atrasar, mas o prefeito resgatou a credibilidade do município para que conclua com a certeza de que será pago”, finalizou.

Do Blog Direto ao Ponto

“Vamos continuar avançando, nosso time tem ideias e propostas”


Com essa frase Paulo Câmara deu o tom nos discursos no maior comício de uma campanha para governador da história de Santa Cruz do Capibaribe.

Avanço foi a principal palavra principal dos oradores da noite no comício do deputado estadual Diogo Moraes (PSB) no largo da rodoviária e que contou com as participações de Fernando Bezerra Coelho(PSB), Bruno Araújo (PSDB), dos prefeitos Edson Vieira (PSDB de Santa Cruz do Capibaribe), Joãozinho Tenório (PSDB de São Joaquim do Monte), Evilásio Araújo (PSB de Taquaritinga do Norte), ex-deputados, lideranças e vereadores das cidades da região que apoiam a reeleição de Diogo Moraes também marcaram presença reforçando o palanque do socialista.

Em sua fala, candidato ao Senado, Fernando Bezerra Coelho, homenageou Eduardo Campos que foi um dos principais governadores para os pernambucanos.

“Eduardo foi o maior líder da história de Pernambuco, ele se lançou numa jornada que nós iremos concluir por ele. Vamos completar a tarefa que ele nos deixou com uma bela vitória nas eleições”, disse Fernando que ainda ressaltou que Paulo foi escolhido por Eduardo porque é um homem sério e dedicado com o poder público, quando Secretário da Fazenda reduziu impostos e liberou recursos como os 15 milhões que foram utilizados em Santa Cruz para a construção do Calçadão que irá possibilitar que mais de 4 mil famílias possam vender suas confecções com dignidade.

Edson Vieira, prefeito que conta com 80% de aprovação, lembrou da “chance” que foi dada a ele nas eleições de 2012 e pediu para que o povo renovasse a oportunidade concedida aos seus candidatos.
“Nosso Governador Eduardo junto com Paulo Câmara, foram os responsáveis pela liberação dos recursos para a maior obra de nossa cidade que é o Calçadão. Enquanto isso a nossa oposição critica, e quanto mais falam, mais continuamos o nosso trabalho pelo povo. É por isso que peço a toda Santa Cruz que vote fechado para que os avanços possam continuar”.
Ainda seguindo a linha dos avanços conseguidos com a parceria Governo do Estado e Prefeitura de Santa Cruz, o deputado estadual Diogo Moraes ressaltou os mais de 150 milhões em recursos investidos no município em ações que beneficiam a cidade e toda a região e emocionado agradeceu ao carinho que vem recebendo da população. “Eduardo sempre dizia que nunca devemos falar mal de ninguém, temos que defender os interesses do povo, e é isso que venho fazendo na Assembleia e é por isso que tenho a honra de dizer que faço parte desse time unido. Eduardo nos momentos mais difíceis do Polo vestiu a nossa camisa, trouxe o Calçadão e a duplicação, por isso estou feliz e fico bem à vontade para dizer que esse comício marca a virada Paulo que irá continuar os avanços de Eduardo”, disse Diogo.

Encerrando os discursos do evento que contou também com a presença de João Campos, filho de Eduardo e Renata Campos, o candidato a Governador, Paulo Câmara, que se mostrou impressionado com a quantidade de pessoas nas ruas reforçou o discurso de avanço.

“Eduardo confiou em Edson, porque ele é um grande gestor, tenham certeza que as parcerias irão ser ampliadas. Vamos continuar avançando em todas as áreas em especial na saúde e educação, pois são fundamentais para o desenvolvimento do cidadão e essa chapa é a que pode levar Santa Cruz e Pernambuco a avançar cada vez mais. Vamos continuar avançando, nosso time tem ideias e propostas, e a prova disso é que já passamos nossos adversários nas pesquisas”, finalizou.

Em seguida todos saíram em passeata pelas ruas da cidade encerrando a movimentação no comitê do deputado Diogo Moraes, que no início de sua campanha foi inaugurado com a presença de toda a chapa majoritária.


ASSESSERIA

EDITORIAL

É agora ou nunca!

Faltando 20 dias para a campanha eleitoral, os eleitores indecisos estão tomando suas posições e o quadro está sendo definido, restando apenas os acontecimentos surpresas modificaram alguma coisa no cenário eleitoral. No mais, as estratégias para a batalha final pelos votos já estão prontas, e quem é quem, fica a cada dia mais claro para o eleitor e para a opinião pública.

É agora ou nunca!

A hora da onça beber água chegou, a hora de quem tem bala na agulha. Eleição para presidente senador e deputados costuma ser fria, mas esta está pegando fogo pelo menos na mídia e nos que gostam de acompanhar o jogo da política.

Muitos meios de comunicação mostram suas garras e verdadeiras caras, uns transformando Marina Silva na herdeira dos ideais de Eduardo Campos, e outros apresentando Marina como uma grande ameaça a instabilidade do país.

Em Pernambuco a campanha de Armando e Paulo são distintas. Um aplicando o uso da máquina e outro mantendo uma estratégia equivocada deste o início. As pesquisas por aqui estão deixando eleitor tonto, sem entender o que está acontecendo com tantos números contraditórios e institutos batendo cabeça.

Em Santa Cruz do Capibaribe, que tem cinco candidatos a deputados, sendo um a federal e quatro a estadual, o eleitor já tomou sua posição, e sabedores do real resultado, os candidatos colocam em ação suas últimas estratégias. Daqui a 15 dias, poucos terão motivos para comemorar e muitos para chorar em tentar encontrar os culpados.

Senhores eleitores, muita atenção nesta hora!

Santa Cruz do Capibaribe, 15 de setembro de 2014


Marcondes Moreno- Direto da Redação.   


Zé Augusto Maia fala sobre acidente

No fim da noite deste sábado 13/09, o veiculo Frontier que conduzia o deputado federal José Augusto Maia que vinha da cidade de João Alfredo sentido à Santa Cruz do Capibaribe, se envolveu em um acidente com um veículo Fiorino, próximo à Toritama. 

Segundo informações do condutor do veiculo fiorino ao blog Toritama Informa, ele perdeu o controle do veiculo e invadiu a faixa contraria e se chocou com a frontier que conduzia o dep. Federal Jose Augusto sua esposa Jailda, filha Hanna, o blogueiro Jairo Gomes e o motorista, todos feridos com escoriações consideradas leves. O caso mais grave foi a da passageira do Fiat, ela foi socorrida para o hospital de Toritama e devido as gravidades dos ferimentos foi transferida  para Caruaru.

O blog Vertentes Hoje trouxe mais detalhes sobre a causa do acidente: Segundo informações o condutor do Fiat Fiorino perdeu o controle do mesmo, após desviar de uma motocicleta que estava transitando na via sem faróis e nem sinalização, ao desviar da moto o Fiat invadiu a faixa contrária e se chocou com a Frontier do deputado”.

Por telefone falei com o Deputado Zé Augusto que está vindo do Recife com sua esposa Jailda e sua filha Hanna, após envolvimento em acidente causado por um veículo Fiat Fiorino que perdendo controle numa curva entre Vertentes e Toritama, avançou para mão contrária causando um grande impacto na lateral do passageiro da Fiorino, na colisão dos veículos, ferimentos leves nos passageiros da Frontier e uma possível vítima fatal que estava na Fiorino, Zé Augusto falou que apenas "Teve escoriações no pescoço e tórax, o jornalista Jairo Gomes que os acompanhava, saiu com seu queixo sangrando, Débora Cumaru e Jailda com ferimentos na boca, e no braço, Marcelo que guiava a Frontier não reclamava de dores. Já sua filha Hanna chorava com os olhos trancado, sentido dores e escoriações, os primeiros socorros aconteceram no hospital de Toritama, a moça do Fiat foi logo transferida em estado grave pelo SAMU com destino a Caruaru. E Hanna sem que eu conseguisse atendimento oftalmológico em Caruaru foi levada para o Recife onde recebeu atendimento e já está regressando para casa".


Segundo o deputado José Augusto, ele e o motorista Marcelo só saíram do local após a chegado do SAMU  e depois de ter comunicado a polícia sobre o acidente.
 
FOTO BLOG VERTENTES HOJE


LULA: “MARINA NÃO PRECISA DE INVERDADES PARA CHORAR”

247 – O ex-presidente Lula rejeitou as lágrimas que a candidata Marina Silva, do PSB, verteu ao falar dele, em entrevista ao jornal Folha de S. Paulo. "Se ela quer chorar, que chore por outras coisas, não por mim", reagiu Lula, ao ser abordado sobre a atitude da ex-ministra. Ela disse ter aprendido com o ex-presidente que "a esperança vence o medo", mas que não pode "controlar o que Lula pode fazer contra mim". Neste momento, lacrimejou.

Lula, ao que se viu, não se sensibilizou nem um pouco. Ao contrário. Ao fazer campanha no bairro do Sapopemba, em São Paulo, Lula desatou uma espécie de lição de moral sobre a adversária, do alto do palanque montado para a campanha do candidato a governador Alexandre Padilha:

- Não gosto de usar nomes de adversários em palanque. Mas hoje, supreendentemente, vi numa manchete que Marina chorou ao falar do Lula. A dona Marina não precisa falar inverdades para chorar por mim. Se ela quiser chorar, que chore por outras coisas., iniciou Lula ao público:

- Nunca deixei de ter relações de amizade por causa de política. Nunca falei mal da dona Marina e vou morrer sem falar mal dela. Ela é quem tem que se explicar, porque ganhou todos os cargos do PT e agora está falando mal do PT. Um verdadeiro líder não muda de partido a toda hora, não muda de opinião. Ele evolui, assim como Dilma evoluiu - discursou Lula. O evento teve a presença de Padilha, do candidato a senador Eduardo Suplicy e do prefeito de São Paulo, Fernando Haddad.

Lula deixou no ar a suspeita de que, para ele, as lágrimas de Marina tiveram origem no fato de ela não ter sido escolhida como sua sucessora política:

- Na hora que eu tinha de escolher para quem ia entregar o direito de dirigir o País, tinha de entregar para a pessoa que achava mais preparada", disse Lula, referindo-se à presidente Dilma Rousseff.

"ELA É QUE NOS ACUSOU DE TER COLOCADO LADRÃO NA PETROBRAS"

O ex-presidente se mostrou diretamente incomodado pelos ataques desferidos por Marina contra a gestão da Petrobras. Ela aproveitou a repercussão da delação premiada do ex-diretor Paulo Roberto Costa para acusar o PT de nomear diretores corruptos para a estatal. O presidente do PT, Rui Falcão, procurou justificar a dura resposta de Lula:

- Não temos atacado a candidata. Ao contrário, ela que nos acusou de ter colocado um ladrão na Petrobras. Está sendo processada por isso, inclusive, disse Falcão, que continuou:


- Temos criticado o programa dela. Não temos nada contra ela, temos contra o programa, discordamos dele. Não tem campanha do medo. Estamos dizendo que ela é apoiada pelos banqueiros. Será que o povo tem medo dos banqueiros? O programa dela fala em desmontar indústria, em dar independência ao Banco Central, em terceirização. Isso deve estar intimidando as pessoas quando conhecem o programa de governo dela. Não estamos estimulando o medo em relação a ninguém. Quem quer ser presidente da República, precisa ter mais controle, mais firmeza. Ela está com muitas idas e vindas, o que sugere insegurança na população — disse Falcão.